“ALMANAQUE SILVA” UM BLOG ONDE PODEMOS APRECIAR BANDA DESENHADA E ILUSTRAÇÕES por clara Castilho.

Acabei de descobrir um blog sobre banda desenhada e ilustrações em que poderemos gastar várias horas, tal a quantidade de informação que nos oferece- escrita e vista! Uma delícia. Voltei e lembrar livros da minha infância, outros …

O seu autor é Jorge Silva. No blog diz sobre si próprio:

“Designer editorial especializado na direção de arte de publicações periódicas. Foi diretor de arte do Combate, jornal político trotsquista, entre 1978 e 2003. Neste jornal iniciou uma estimulante e duradoura ligação à ilustração editorial. Foi diretor de arte d’ O Independente de 1991 até 2000. Entre 1998 a 2001 colaborou com o Salão Lisboa, mostra de banda desenhada e ilustração, organizado pela Bedeteca de Lisboa. Foi responsável na área de edição do Salão, com o design de catálogos gerais e temáticos, como a Ilustração Portuguesa: 1998, 1999, 2000, 2001, 2002 e 2004; Coleção Imagens de Bolso, sobre André Ruivo e André Carrilho; El Alma de Almada El Impar, sobre Almada Negreiros.

Para o jornal Público, criou em 1999 os suplementos Y e Mil Folhas, dos quais fez a direção de arte nos anos de 2000 e 2001. O Mil Folhas era um suplemento especialmente concebido para a ilustração. Entre 2002 e 2004 esteve na revista Pública. Foi diretor de arte das revistas 20 Anos(1997-1998) e Ícon (1999-2001). Em 2000 foi convidado para a remodelação da revista LER e em 2001 criou o atelier Silva!designers para desenvolver a revista LX Metrópole, da Parque Expo.  Em 2007 aceitou o desafio de ser o Diretor de Arte do Grupo Editorial Leya. Saíu em 2010.

Jorge Silva foi também ilustrador, entre 1986 e 1994. Para além do Combate, publicou noContrasteO IndependenteExpresso e O Jornal. Fez uma exposição individual na Casa da Memória, em 1991. Organizou duas exposições, com catálogo, das ilustrações do Combate, em 1990 na Livraria Assírio e Alvim e em 1991 na Galeria Monumental. Participou na Bienal de Vila Nova de Cerveira de 1988 com ilustrações do Combate. Comissariou em 2004, no âmbito do Salão Lisboa, da Bedeteca, a exposição Anos 90, com uma seleção de trabalhos de 12 ilustradores. Fez o design de livros-catálogo dos ilustradores Brian Cronin para Arco/Casa da Cerca 2008, Isidro Ferrer para o Farol de Sonhos 2009, e Wolf Erlbruch para Ilustrarte 2009. Ainda em 2009 comissaria e desenha o livro Combate Ilustrado, com a história de 21 anos de ilustração no jornal.

Tem regularmente assumido funções docentes em workshops e cursos de pós-graduação em várias escolas de Lisboa e Porto, nas áreas de direção de arte e especificamente na direção de arte de ilustração. Leciona a disciplina de Design no Mestrado de Edição Infantil na Universidade Católica em Lisboa e a de Direção de Arte no Mestrado de Design Editorial da ESBAP. É responsável pela Coleção D, livros dedicados à história do design e dos designers portugueses, editada pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda. Prepara uma História da Ilustração Portuguesa para publicar em 2013 pela editora Orfeu e tem uma coluna irregular na revista dominical P2 do jornal PúblicoAlmanaque, onde conta pequenas grandes histórias da ilustração portuguesa”.

Vão lá bisbilhotar que não perdem o tempo (http://almanaquesilva.wordpress.com)

Leave a Reply