FRANCIS POULENC (1899 – 1963) – AUBADE, para piano e orquestra.

 

 

A interpretação é da Orquestra Nacional da Ilha de França, sob a direcção de Christophe Mangou. Ao piano Claire-Marie Le Guay. Aubade é uma composição para ser tocada à l’aube, portanto à aurora, ao nascer do dia, normalmente em homenagem a alguém.

 

Obrigado a mllevinet e ao youtube.

Leave a Reply