Pentacórdio para Domingo 17 de Março

por Rui Oliveira

 

                  ??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????blomstedt e brucknerAnton_Bruckner-Viktor_Tilgner-Stadtpark

   No Domingo, 17 de Março, o destaque, para nós, voltaria a ser mais uma prestação da residente (por uns dias) Gustav Mahler Jugendorchester (GMJO) no Grande Auditório da Fundação Gulbenkian, às 18h, dirigida de novo pelo maestro Herbert Blomstedt, o qual tem passado a última meia dúzia de anos debruçado sobre a obra de Anton Bruckner (1824-1896).

   Sente-se (diz o próprio) «animado por um espírito de missão (pois Bruckner), se comparado com Mahler, por exemplo, acredito ser muito menos compreendido». E acrescenta : «É uma música muito pessoal, cheia de emoções e fala por todos nós» … «Ao contrário de uma música fantasiosa e escapista, as peças do compositor austríaco são reais, quase palpáveis».

   Daí trazer a Lisboa como programa a Sinfonia nº 4 em Mi bemol Maior, “A Romântica” de Anton Bruckner.

 

   Não havendo registo vídeo desta obra pela GKJO, trazemos-lhe, gravado no Royal Albrt Hall (Londres) para os Proms da BBC em Setembro de 2010, a 1ª parte da 9ª Sinfonia de Bruckner tocada pela GMJO dirigida por Herbert Blomstedt (as partes intermédias restantes encontram-se em

http://www.youtube.com/watch?v=4q5JoIsJM_w&feature=share&list=RD02RPvv0HTSV7Q e a secção terminal, a 6ª em http://youtu.be/m4tiCqEpQ5o )

 

  

   Para que o leitor aprecie melodicamente a escolha de Blomstedt para este concerto, a Sinfonia nº 4 em Mi bemol Maior, WAB 104 “Die Romantische” de Anton Bruckner, eis como Daniel Barenboim a interpreta dirigindo a Wiener Philharmoniker no mesmo Royal Albert Hall londrino em Setembro de 2007, registo integral (pedindo desculpa pelo manga “piroso” da capa) :

 

 

 

 

ajs 0 antonio_jose_saraiva_destaque2ajs 2   O outro evento interessante deste Domingo 17 de Março passar-se-á no Pequeno Auditório do CCB, das 14h30 às 19h00, com entrada livre, onde o Centro Cultural de Belém e o Centro Nacional de Cultura se propõem assinalar o vigésimo aniversário da morte de António José Saraiva (1917-1993) com um programa de homenagem, de reflexão e de debate, abrangendo a evocação da personalidade e as diversas áreas de intervenção cívica, literária, política e de investigação universitária dessa figura maior da intelectualidade em Portugal, notável pela coerência e pela independência de pensamento e de acção ideológica e cultural.ajs 4

   Depois duma abertura pelos presidentes das duas instituições promotoras, um 1º painel (15h – 16h40) sobre o “Homem de Letras” contará com os depoimentos de Eduardo Lourenço – À sombra de D. Quixote, António Coimbra Martins – Lisboa/Paris/Moscovo/Lisboa, Graça Videira Lopes – António José Saraiva e a literatura medieval: o risco de pensar, Ernesto Rodrigues – Falar contigo por escrito: Saraiva epistológrafo, Alberto Vaz da Silva – O sal da vida, Isabel Pires de Lima – Diálogos A.J. Saraiva /Óscar Lopes: repensar a historiografia literária, Guilherme Valente – Um inesperado afecto e a  partida tão breve, Ana Nascimento Piedade – António José Saraiva leitor de Eça de Queirós, Duarte Ivo Cruz – António José Saraiva e o Historiador-Dramaturgo Joaquim Pedro de  Oliveira Martins, Silvina Pereira – E eu sei tudo?! e Luísa Dacosta – depoimento lido(sem título).ajs 5

ajs 7   No 2º painel (17h – 18h40) sobre o “Cidadão e Educador” ouvir-se-á José António Saraiva – António José Saraiva, o Pai, Bernardo Vasconcelos e Sousa – Faculdade de Letras de Lisboa, segunda metade dos anos ’70, Carlos Medeiros – António José Saraiva – A afirmação continuada da criatividade e da inovação radical, Fernando José Saraiva – António, o meu irmão, José Pacheco Pereira (ainda sem título), Maria José Saraiva Lopes da Silva – António José Saraiva: o Irmão e o Grande Amigo, Rui Ramos – António José Saraiva: os caminhos da liberdade, Teresa Rita Lopes – António José Saraiva, a paixão de pensar, Vicente Jorge Silva – Um amigo de Paris e Vítor Aguiar e Silva – depoimento lido (sem título).

   No intervalo da pausa-café será inaugurada a exposição “SARAIVA: UMA FAMÍLIA DE PROFESSORES”.

                    ajs 3             ajs 6              ajs 8

 

 

 

   Por último, daremos algumas NOTÍCIAS EM ATRASO :

 

 

d71c457c24 

   Realiza-se HOJE (Sexta-feira, 15 de Março) na Casa Fernando Pessoa (CFP), em Lisboa, entre as 12h00 e as 18h00, uma maratona de leitura de poemas de Natália Correia quando passam 20 anos sobre a morte da escritora.NataliaCorreia

   Os diferentes participantes na maratona, entre os quais se encontram Hélia Correia, Fernando Dacosta e Maria Manuel Viana, mas também  Ana Paula Costa, Jaime Rocha, António Carlos Cortês, Fernando Pinto do Amaral, Patrícia Reis e Leonor Xavier  vão ler, na biblioteca da CFP, poemas de poetisa açoteana, que faleceu aos 69 anos, no dia 16 de Março de 1993, na sua residência em Lisboa.

   Nesse mesmo ano, o Círculo de Leitores publicou a sua obra poética completa em dois volumes, “O Sol nas Noites” e “O Luar nos Dias”.

 

 

   No campo do tal cinema extra-circuitos, o Teatro do Bairro vai receber HOJE (Sexta-feira, 15 de Março), às 21h30, a edição de Inverno do “Future Shorts”, um dos maiores festivais de curtas-metragens, que de três em três meses acontece por todo o mundo e que chega pela primeira vez a Portugal após percorrer mais de 280 cidades.800_poster

   Sediado em Londres, o Festival Future Shorts reúne, a cada estação do ano, um conjunto de filmes desde clássicos a vencedores de festivais internacionais para os promover através de entusiastas e programadores de cinema, que organizam as projecções locais.

   Na edição de Inverno 2013, Pedro Mendes programa em Lisboa uma selecção que inclui curtas-metragens do Quénia, Reino Unido, Suécia, Estados Unidos e República Checa. São, no total, sete filmes que numa sessão de 80 minutos (e por apenas 4 €) registam diferentes olhares e realidades repartidos entre ficção e o documentário, a saber :

          Candy Girl (Lucy Luscombe, 2012)

          Fishing Without Nets (Cutter Hodierne, 2010)

          Lovebirds (Brian Lye, 2010)

          Marcel, King of Tervuren (Tom Schroeder, 2012)

          Slitage – Seeds of the Fall (Patrik Eklund, 2009)

          The S from Hell (Rodney Ascher, 2010)

          We‘re Leaving (Zachary Treitz, 2011)

   Ver em  http://www.futureshorts.com/calendar-city-screenings.php todo o pormenor da programação.

   Mostramos-lhe, por curiosidade, o filme-anúncio do filme “Lovebirds” de Bryan Lye, feito na República Checa, uma história de amor humorística que reflecte as semelhanças entre a vida dos humanos e das aves.

 

 

 

 

victorian breasts   Na Galeria Zé dos Bois há também HOJE, Sexta-feira 15 de Março, às 22h, uma sessão em que vêm ao palco Filipe Felizardo, Arlt e Syracuse Ear, três dos vinte nomes participantes numa compilação “Your Victorian Breasts” que a editora franco-suiça Three:Four Records (a promotora deste espectáculo) está a lançar em palcos de cidades como Nova Iorque, Paris e Lausanne. Trata-se (dizem os conhecedores) de um olhar atento e apaixonado à experimentação internacional, que alberga artistas de calibre como Ignatz, Alvarius B. (Sun City Girls), Black To Comm, Alastair Galbraight, Circuit Des Yeux ou A R P.

   Começando com Filipe Felizardo, “figura essencial nas artes visuais e no panorama da guitarra nacional”, seguem-se-lhe os ainda desconhecidos parisienses Arlt (já com dois álbuns, ‘La Langue’ e ‘Feu La Figure’), onde “a chanson française segue por vias mais inusitadas, pautada pelo lirismo de Josephine Foster, pela rudeza das Raincoats ou pelo esoterismo de Brigitte Fontaine. syracuse ear

   Por último, sobem nessa noite ao palco os Syracuse Ear (na foto) em modo de encerramento e sem o norte-americano Chris Corsano, impossibilitado de estar presente neste lado de cá do Atlântico. Porém, a tríade composta por Manuel Mota (guitarra), David Maranha (orgão) e Margarida Garcia (contrabaixo eléctrico) “há muito que (nos) habituou a uma elevada fasquia qualitativa, atestada pela diversidade do trabalho a solo e colaborativo” – garante a ZDB.

 

 

 

untitled   Continua entretanto nesta Sexta-feira 15 de Março a nova Semana Intérpretes Brasileiros do Espaço Brasil na LX Factory (Rua Rodrigues de Faria, 103 – Armazém L, Lisboa), para concluir no Domingo.

FabianaCozza   A artista a apresentar-se nessa noite às 22h será a cantora paulistana Fabiana Cozza, com 16 anos de carreira e considerada por críticos e público uma das importantes intérpretes  contemporâneas (Prémio da Música Brasileira 2012 para Melhor Cantora de Samba), tendo passado pelo teatro, pela dança e pela música.

   No currículo, tem a experiência de cantar ao lado de nomes respeitados desde Elza Soares, Leny Andrade, João Bosco a Francis Hime ou Ivan Lins, e no estrangeiro tem sido convidada por  personalidades do jazz internacional como o saxofonista Sadao Watanabe (Japão).

   Em 2011 lançou seu terceiro CD “Fabiana Cozza”, com o qual ganhou o Prémio acima referido e é deste último álbum que reproduzimos o tema “Ponto de Nana” :

 

Serjao_Loroza___Divulgacao(0)   Segue-se no Sábado 16 de Março, no Espaço Brasil, às 22h30, o vozeirão de Serjão Loroza, actor, cantor e compositor brasileiro que transita entre diversos géneros, da MPB, samba e  marchinha até rap, soul e funk, o que o torna muito requisitado na noite e carnaval carioca.    Tem grande exposição televisiva, em particular desde 2007 pela participação no quadro “Dança dos Famosos” do Domingão do Faustão na TV Globo, o que não é garantia imediata de qualidade musical.

   Ouça-o o leitor, se quiser, no tema “O Meu Lugar” no show gravado ao vivo no Viaduto Negrão de Lima, em Madureira, com a participação de Arlindo Cruz em Agosto de 2011 :

 

 

   Para fechar com significado no Ano Portugal/Brasil  a Semana Intérpretes Brasileiros, o Espaço Brasil recebe no Domingo 17 de Março o cantor português Jorge Palma às 18h.

 

 

   E é tudo o que havia em atraso. Gozem o fim-de-semana o melhor que possam e saibam !

 

 

 

(para as razões desta nova forma de Agenda ler aqui ; consultar a agenda de Sexta aqui)

 

 

 

 

1 Comment

Leave a Reply