SER POETA – 1 – por Álvaro José Ferreira

Uma pequena série que apresentaremos a partir de hoje. Álvaro José Ferreira, o nosso argonauta da Rádio, proporciona-nos um interessante trabalho sobre a poesia dita e cantada.

SER POETA

Imagem1

Desenho da autoria de Edgard Braga, publicado no seu livro de poesia “Desbragada” (São Paulo: Editora Max Lomonad, 1984)

Nota prévia:

Para ouvir os poemas (os cantados e os recitados), há que aceder à página

http://nossaradio.blogspot.pt/2013/07/ser-poeta.html e clicar nos respectivos “play áudio/vídeo”.

“Ser Poeta”: com estas duas palavras, carregadas de significado, começa o poema mais conhecido de Florbela Espanca. Amplamente conhecido muito por graças de João Gil que teve a feliz ideia de o musicar e de propor a sua gravação aos demais elementos do Trovante que assim deram à música portuguesa uma pérola de elevado quilate. É dos poemas que melhor define a condição de poeta, mas outros existem que importa ter em consideração. Aqui se apresenta alguns deles, em jeito de homenagem a todos os poetas, eruditos e populares, sem esquecer os analfabetos ou semi-analfabetos, aos quais Rafael Correia sempre deu voz no referencial “Lugar ao Sul“.

Antes, ou depois (para o caso é indiferente), há que ouvir também uma série de edições da rubrica “David Ferreira a contar” e uma edição especial do programa “A Cena do Ódio” consagradas à poesia, que foram, afinal, o móbil deste artigo. Ouvindo poesia, cantada ou recitada, nutrimos a mente e ficamos menos “subalimentados do sonho”. Bom proveito!

26.10.2012 – NATÁLIA CORREIA
http://www.rtp.pt/play/p955/e96981/david-ferreira-a-contar

– “Queixa das Almas Jovens Censuradas“, por José Mário Branco (in LP “Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades”, Guilda da Música/Sassetti, 1971, reed. EMI-VC, 1996) [>> YouTube]

13.11.2012 – LUÍS VAZ DE CAMÕES
http://www.rtp.pt/play/p955/e98850/david-ferreira-a-contar

– “Endechas a Bárbara Escrava“, por José Afonso (in LP “Cantares do Andarilho”, Orfeu, 1968, reed. Movieplay, 1987, 1996, Art’Orfeu Media, 2012) [>> YouTube]
– “Endechas a Bárbara Escrava“, Sérgio Godinho (in LP/CD “Aos Amores”, EMI-VC, 1989) [>> YouTube]

29.11.2012 – FLORBELA ESPANCA, ALMEIDA GARRETT, ARY DOS SANTOS, CARLOS QUEIROZ
http://www.rtp.pt/play/p955/e100629/david-ferreira-a-contar

– “Amar!“, de Florbela Espanca, por Teresa Silva Carvalho (in EP “Amor Tornado Momento”, A Voz do Dono/Valentim de Carvalho, 1969; CD “Biografia do Fado”, EMI-VC, 1994; 2CD “Poesia Encantada”, vol. 2, EMI-VC, 2004; CD “Teresa Silva Carvalho: Álbum de Recordações”, Alma do Fado, 2008) [>> YouTube]
– “Barca Bela“, de Almeida Garrett, por Teresa Silva Carvalho (in EP “Teresa Silva Carvalho (Adágio)”, Movieplay, 1973; CD “Teresa Silva Carvalho: O Melhor dos Melhores”, vol. 35, Movieplay, 1994; 2CD “Poesia Encantada”, vol. 1, EMI-VC, 2002; CD “Teresa Silva Carvalho: Álbum de Recordações”, Alma do Fado, 2008) [>> YouTube]
– “Adágio“, de Ary dos Santos, por Teresa Silva Carvalho (in EP “Teresa Silva Carvalho (Adágio)”, Movieplay, 1973; CD “Teresa Silva Carvalho”, col. Clássicos da Renascença, vol. 63, Movieplay, 2000) [>> YouTube]
– “Canção Grata“, de Carlos Queiroz, por Teresa Silva Carvalho (in EP “Teresa Silva Carvalho (Adágio)”, Movieplay, 1973; CD “Teresa Silva Carvalho”, col. Clássicos da Renascença, vol. 63, Movieplay, 2000) [>> YouTube]

28.01.2013 – ANTÓNIO GEDEÃO
http://www.rtp.pt/play/p955/e106255/david-ferreira-a-contar

– “Poema do Fecho Éclair“, por Carlos Mendes (in LP “Fala do Homem Nascido”, Orfeu, 1972, reed. Movieplay, 1998) [>> YouTube]
– “Pedra Filosofal“, por Manuel Freire (in single “Pedra Filosofal / Menina dos Olhos Tristes”, Zip-Zip, 1970; CD “Pedra Filosofal” (compilação), Strauss, 1993, CNM, 2004; 2CD “Poesia Encantada”, vol. 1, EMI-VC, 2002) [>> YouTube]

15.03.2013 – NATÁLIA CORREIA
http://www.rtp.pt/play/p955/e110843/david-ferreira-a-contar

– “Autogénese“, pela autora (in EP “Natália Correia Diz Poemas de Sua Autoria”, Decca/Valentim de Carvalho, 1969; CD “A Defesa do Poeta”, EMI-VC, 2003) [em casa de Amália, Dez. 1968 >> YouTube]
– “Queixa das Almas Jovens Censuradas“, por José Mário Branco (in LP “Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades”, Guilda da Música/Sassetti, 1971, reed. EMI-VC, 1996) [>> YouTube]
– “A Defesa do Poeta“, pela autora (in EP “Natália Correia Diz Poemas de Sua Autoria”, Decca/Valentim de Carvalho, 1969; CD “A Defesa do Poeta”, EMI-VC, 2003) [em casa de Amália, Dez. 1968 >> YouTube]
– “Dom Fulano“, de D. Dinis (adapt. Natália Correia), por José Cid (in LP “José Cid”, Columbia/VC, 1971; CD “O Melhor de José Cid”, Valentim de Carvalho/Iplay, 2008) [>> YouTube]
– “No Vale de Fuenteovejuna“, de Lope de Vega (adapt. Natália Correia), por José Afonso (in LP “Contos Velhos, Rumos Novos”, Orfeu, 1969, reed. Movieplay, 1987, 1996, Art’Orfeu Media, 2012) [>> YouTube]
– “Amores Eu Tenho“, de Pêro Meogo (adapt. Natália Correia), por Natália Correia e Amália Rodrigues (in LP “Cantigas d’Amigos”, Columbia/VC, 1971, reed. Valentim de Carvalho/Iplay, 2011) [>> YouTube]
– “Senhores, sou um poeta” (“A Defesa do Poeta“), por Maria Bethânia (in 2CD “Maricotinha ao Vivo”: CD 2, Biscoito Fino, 2002) [>> YouTube]

Leave a Reply