Posts Tagged: álvaro josé ferreira

A NOSSA RÁDIO – PRIMEIRA GRANDE GUERRA – CENTENÁRIO DO ARMISTÍCIO – CANÇÃO “DOIS SOLDADOS”, de JOÃO LÓIO.

  Nota prévia: Para ouvir a canção “Dois Soldados”, de João Lóio, há que aceder à página  https://nossaradio.blogspot.com/2018/11/primeira-grande-guerra-centenario-do.html  e clicar no respectivo “play áudio”.    11 NOVEMBRO 2018   Primeira Grande Guerra: centenário do armistício Capa do CD “Canções de

A NOSSA RÁDIO – PRIMEIRA GRANDE GUERRA – CENTENÁRIO DO ARMISTÍCIO – CANÇÃO “DOIS SOLDADOS”, de JOÃO LÓIO.

  Nota prévia: Para ouvir a canção “Dois Soldados”, de João Lóio, há que aceder à página  https://nossaradio.blogspot.com/2018/11/primeira-grande-guerra-centenario-do.html  e clicar no respectivo “play áudio”.    11 NOVEMBRO 2018   Primeira Grande Guerra: centenário do armistício Capa do CD “Canções de

Eleição de 6 canções portuguesas para o CANCIONEIRO DA UNIÃO EUROPEIA

Álvaro José Ferreira Eleição de seis canções portuguesas para o Cancioneiro da U.E. Caros Amigos, Participem na eleição das seis melhores canções portuguesas para o Cancioneiro da União Europeia. Basta aceder a http://www.eu-songbook.org/, escolher o país (Portugal) e ir seleccionando

Eleição de 6 canções portuguesas para o CANCIONEIRO DA UNIÃO EUROPEIA

Álvaro José Ferreira Eleição de seis canções portuguesas para o Cancioneiro da U.E. Caros Amigos, Participem na eleição das seis melhores canções portuguesas para o Cancioneiro da União Europeia. Basta aceder a http://www.eu-songbook.org/, escolher o país (Portugal) e ir seleccionando

A VIAGEM DOS ARGONAUTAS – INFORMAÇÕES

Daremos início à publicação da rubrica CALEIDOSCÓPIO – textos escritos ou escolhidos por Ester Vaz, socióloga e docente universitária. Especializada em gerontologia, vai demonstrar-nos como, na magia de um caleidoscópio, a vida não obedece a uma lógica linear e as

A VIAGEM DOS ARGONAUTAS – INFORMAÇÕES

Daremos início à publicação da rubrica CALEIDOSCÓPIO – textos escritos ou escolhidos por Ester Vaz, socióloga e docente universitária. Especializada em gerontologia, vai demonstrar-nos como, na magia de um caleidoscópio, a vida não obedece a uma lógica linear e as

A NOSSA RÁDIO

          Nota prévia: Para ouvir o poema “Flor da Liberdade”, de e por Miguel Torga, há que aceder à página http://nossaradio.blogspot.pt/2017/04/miguel-torga-flor-da-liberdade.html e clicar no respectivo “play áudio”.    25 Abril 2017 Miguel Torga: “Flor da Liberdade” Neste

A NOSSA RÁDIO

          Nota prévia: Para ouvir o poema “Flor da Liberdade”, de e por Miguel Torga, há que aceder à página http://nossaradio.blogspot.pt/2017/04/miguel-torga-flor-da-liberdade.html e clicar no respectivo “play áudio”.    25 Abril 2017 Miguel Torga: “Flor da Liberdade” Neste

A NOSSA RÁDIO – CAMILO PESSANHA: SINGRA O NAVIO, na voz de MÁRIO VIEGAS

Nota prévia: Para ouvir o poema “Singra o navio”, de Camilo Pessanha, na voz de Mário Viegas, há que aceder à página http://nossaradio.blogspot.com/2017/03/camilo-pessanha-singra-o-navio.html e clicar no respectivo “play áudio”.   21 Março 2017 Camilo Pessanha: “Singra o navio” No Dia Mundial

A NOSSA RÁDIO – CAMILO PESSANHA: SINGRA O NAVIO, na voz de MÁRIO VIEGAS

Nota prévia: Para ouvir o poema “Singra o navio”, de Camilo Pessanha, na voz de Mário Viegas, há que aceder à página http://nossaradio.blogspot.com/2017/03/camilo-pessanha-singra-o-navio.html e clicar no respectivo “play áudio”.   21 Março 2017 Camilo Pessanha: “Singra o navio” No Dia Mundial

A NOSSA RÁDIO – “CANTOS DA AURORA”: PRIMAVERA

Nota prévia: Para ouvir a canção “Primavera”, há que aceder à página  http://nossaradio.blogspot.com/2017/03/cantos-da-aurora-primavera.html e clicar no respectivo “play áudio”.   20 Março 2017 Cantos da Aurora: “Primavera” Claude Monet, “Champs au Printemps”, 1887, óleo sobre tela, 93×74 cm, Staatsgalerie, Estugarda,

A NOSSA RÁDIO – “CANTOS DA AURORA”: PRIMAVERA

Nota prévia: Para ouvir a canção “Primavera”, há que aceder à página  http://nossaradio.blogspot.com/2017/03/cantos-da-aurora-primavera.html e clicar no respectivo “play áudio”.   20 Março 2017 Cantos da Aurora: “Primavera” Claude Monet, “Champs au Printemps”, 1887, óleo sobre tela, 93×74 cm, Staatsgalerie, Estugarda,

A NOSSA RÁDIO… ‘PLAYLIST’ DA ANTENA 1: UMA VERGONHA NACIONAL (II), por ÁLVARO JOSÉ FERREIRA

  Quem tem sintonizado a Antena 1, com alguma assiduidade, sabe que a respectiva lista de difusão musical, vulgo ‘playlist’, nunca foi um modelo de virtudes. Ainda assim, terá de se reconhecer que desde 2010, e durante meia-dúzia de anos,

A NOSSA RÁDIO… ‘PLAYLIST’ DA ANTENA 1: UMA VERGONHA NACIONAL (II), por ÁLVARO JOSÉ FERREIRA

  Quem tem sintonizado a Antena 1, com alguma assiduidade, sabe que a respectiva lista de difusão musical, vulgo ‘playlist’, nunca foi um modelo de virtudes. Ainda assim, terá de se reconhecer que desde 2010, e durante meia-dúzia de anos,

A NOSSA RÁDIO – Cesário Verde (4) – por Álvaro José Ferreira

   DESASTRE Ele ia numa maca, em ânsias, contrafeito, Soltando fundos ais e trémulos queixumes; Caíra dum andaime e dera com o peito, Pesada e secamente, em cima duns tapumes. A brisa que balouça as árvores das praças, Como uma

A NOSSA RÁDIO – Cesário Verde (4) – por Álvaro José Ferreira

   DESASTRE Ele ia numa maca, em ânsias, contrafeito, Soltando fundos ais e trémulos queixumes; Caíra dum andaime e dera com o peito, Pesada e secamente, em cima duns tapumes. A brisa que balouça as árvores das praças, Como uma

A NOSSA RÁDIO – Cesário Verde por Mário Viegas/3- por Álvaro José Ferreira

Janeiro de 1875 O SENTIMENTO DUM OCIDENTAL A Guerra Junqueiro I AVE-MARIAS Nas nossas ruas, ao anoitecer, Há tal soturnidade, há tal melancolia, Que as sombras, o bulício, o Tejo, a maresia Despertam-me um desejo absurdo de sofrer. O céu

A NOSSA RÁDIO – Cesário Verde por Mário Viegas/3- por Álvaro José Ferreira

Janeiro de 1875 O SENTIMENTO DUM OCIDENTAL A Guerra Junqueiro I AVE-MARIAS Nas nossas ruas, ao anoitecer, Há tal soturnidade, há tal melancolia, Que as sombras, o bulício, o Tejo, a maresia Despertam-me um desejo absurdo de sofrer. O céu

A NOSSA RÁDIO – Cesário Verde dito por Mário Viegas (2) – por Álvaro José Ferreira

 CARTA A SILVA PINTO (1875) Meu muito querido e excelente irmão: Como hoje é domingo, só tarde recebi a tua bondosa carta e não posso dizer-te, como desejo, a expansão que ela me produziu. És uma alma extraordinária; eu sou

A NOSSA RÁDIO – Cesário Verde dito por Mário Viegas (2) – por Álvaro José Ferreira

 CARTA A SILVA PINTO (1875) Meu muito querido e excelente irmão: Como hoje é domingo, só tarde recebi a tua bondosa carta e não posso dizer-te, como desejo, a expansão que ela me produziu. És uma alma extraordinária; eu sou

A NOSSA RÁDIO – «Cesário Verde dito por Mário Viegas/1» – por Álvaro José Ferrreira

Entre os precursores do modernismo poético português, Cesário Verde e a sua pouco extensa obra desempenharam um papel a que talvez não se tenha feito a devida justiça. Três décadas após a sua morte, os poetas do «Orpheu» produziram uma poética

A NOSSA RÁDIO – «Cesário Verde dito por Mário Viegas/1» – por Álvaro José Ferrreira

Entre os precursores do modernismo poético português, Cesário Verde e a sua pouco extensa obra desempenharam um papel a que talvez não se tenha feito a devida justiça. Três décadas após a sua morte, os poetas do «Orpheu» produziram uma poética

A NOSSA RÁDIO – CELEBRANDO EUGÉNIO DE ANDRADE – CAPA de “POESIA”.

Capa do livro “Poesia”, 2.ª edição, revista e acrescentada (Fundação Eugénio de Andrade, Dezembro de 2005) Poesia reunida. Organização, nota de edição e bibliografia por Arnaldo Saraiva.

A NOSSA RÁDIO – CELEBRANDO EUGÉNIO DE ANDRADE – CAPA de “POESIA”.

Capa do livro “Poesia”, 2.ª edição, revista e acrescentada (Fundação Eugénio de Andrade, Dezembro de 2005) Poesia reunida. Organização, nota de edição e bibliografia por Arnaldo Saraiva.

A NOSSA RÁDIO – CELEBRANDO EUGÉNIO DE ANDRADE – O INOMINÁVEL

O INOMINÁVEL Poema de Eugénio de Andrade (in “Ofício de Paciência”, Porto: Fundação Eugénio de Andrade, 1994; “Poesia”, 2.ª edição, org. Arnaldo Saraiva, Porto: Fundação Eugénio de Andrade, 2005 – p. 497) Dito pelo autor (in CD “Eugénio de Andrade

A NOSSA RÁDIO – CELEBRANDO EUGÉNIO DE ANDRADE – O INOMINÁVEL

O INOMINÁVEL Poema de Eugénio de Andrade (in “Ofício de Paciência”, Porto: Fundação Eugénio de Andrade, 1994; “Poesia”, 2.ª edição, org. Arnaldo Saraiva, Porto: Fundação Eugénio de Andrade, 2005 – p. 497) Dito pelo autor (in CD “Eugénio de Andrade