ALBA – um poema de Rachel Gutiérrez

    Imagem1

Poema da manhã

tua chegada sabe a pão fresco

a começo – leite materno

te sei do útero e da morte

ooo

e das profundezas

onde mais longe

só a Vida é lei.

 

 Ilustração; Reprodução de quadro de Dorindo Carvalho

 

Leave a Reply