ILUSTRAÇÃO INFANTIL EM CONCURSO NACIONAL por clara castilho

9349741_b7nUl

Estão abertas as candidaturas para o Prémio Nacional de Ilustração, a decorrer já desde o dia 21 de Abril mas ainda até 26 de Maio.

O prémio é atribuído pela Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, tem como objectivo reconhecer e incentivar o trabalho de artistas no domínio da ilustração de livros para crianças e jovens em Portugal.

18

O prémio, atribuído anualmente desde 1996, distingue um ilustrador pelo conjunto de trabalhos originais publicados numa obra para crianças e jovens, editada entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro do ano anterior ao concurso.

O valor do prémio é de cinco mil euros, acrescido de 1500 euros destinados a apoiar uma deslocação à Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, Itália.

As menções especiais são também premiadas com 1500 euros destinados a comparticipar a presença dos ilustradores na Feira do Livro de Bolonha.

Instrução das candidaturas: As candidaturas são formalizadas através da apresentação ou do envio à DGLAB dos seguintes elementos: 1. Curriculum vitae do ilustrador; 2. Quatro exemplares da obra a concurso.

Composição do júri: A avaliação e a selecção das obras admitidas a concurso, com base na originalidade e criatividade da sua ilustração, compete a um júri composto por três elementos: 1. Um representante da DGLAB e duas personalidades de reconhecido mérito na área das artes plásticas e da ilustração; 2. A DGLAB assegura o apoio técnico e administrativo necessário aos trabalhos de avaliação das candidaturas.

Avaliação das candidaturas: 1. O Prémio é atribuído apenas a uma obra; 2. O júri pode deliberar não atribuir o Prémio no caso de falta de qualidade das obras a concurso; 3. A DGLAB torna pública a decisão final de atribuição do Prémio até ao final do semestre do ano a que respeita o concurso.

No Concurso do ano passado foi Ana Biscaia, que ilustrou o texto de Clovis Levi no livro A Cadeira Que Queria Ser Sofá (Lápis de Memória). As menções especiais foram para as obras Mário de Sá-Carneiro: Antologia Poética, de Tiago Manuel (Faktoria K de Livros/Kalandraka), e Mar, com ilustrações de André Letria e texto de Ricardo Henriques (Pato Lógico).

Concorreram 78 obras, publicadas por 45 editoras no ano passado,  correspondendo a trabalhos de 63 ilustradores e 66 autores de texto.

 

 

 

Leave a Reply