“LÁ DE CIMA CÁ DE BAIXO” E “SE TU VISSES O QUE EU VI”- ANTÓNIO MOTA NO D.MARIA II – por Clara Castilho

livro&livros1

Vai ser no dia 15 de Junho, no salão nobre do Teatro D. Maria II, às 11 h 30, com entrada livre. “Lá de cima cá de baixo” é uma colectânea de poemas que pretende conquistar os jovens pela palavra e pela imagem. Nela podemos encontrar uma formiga que vai calada a ligeirinha, um baloiço que serve de mirante. As noites solitárias, os bichos. Os sonhos. A vida de todos os dias. “Se tu visses o que eu vi” é uma obra muito divertida que faz sorrir pelo imprevisto das situações lidas e tantas vezes decoradas por milhares de pequenos leitores: “Se tu visses o que eu vi desatavas a fugir uma sardinha a mamar e um pinto a latir. Se tu visses o que eu vi ficavas de boca aberta uma cabra com sete rabos em cima de uma caneca”. Este é um livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura.

contos1


António Mota, escritor e professor, é um dos mais reputados escritores para crianças. Desde A Aldeia das flores, o seu livro de estreia, até ao presente, António Mota tem-se dedicado à literatura para a infância, atravessando géneros literários distintos como a narrativa, o conto breve, a poesia e os jogos e rimas infantis. Com dezenas de livros escolhidos pelo Plano Nacional de Leitura, António Mota tem defendido que se “deve continuar a apostar na diversidade. Talvez faltem livros de teatro, para serem dramatizados pelos miúdos”. A imaginação e o sonho são duas componentes transversais a todos os seus livros. Uma obra que vive de ideias universais e até intemporais.

Com a obra O Rapaz de Louredo (1983) ganhou um prémio da Associação Portuguesa de Escritores. Em 1990, recebeu o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens pelo seu romance Pedro Alecrim. Em 1996, ganhou o Prémio António Botto com A Casa das Bengalas. Em 2003, a obra O Sonho de de Mariana, ganhou o Prémio Nacional de Ilustração, com ilustrações de Danuta Wojciechowska. Em 2004, recebeu o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens, na modalidade de livro ilustrado, pela obra ,Se eufosse muito Magrinho, com ilustrações de André Letria.

O espectáculo tem coordenação Lúcia Maria e conta com a coordenação Lúcia Maria e a participação de  Lita Pedreira e Maria Jorge. Tem a duração de uma hora e é dirigido a famílias com crianças até aos 12 anos

A entrada é livre mas sujeita à lotação disponível. As crianças devem ser acompanhadas por um adulto.

 

 

Leave a Reply