MITO & REALIDADE – OS BRANDOS COSTUMES DOS PORTUGUESES. – por José Brandão

 Imagem1 (3)

Quando tanto se fala dos brandos costumes dos Portugueses e das suas reações, aqui vai uma lista de acontecimentos que põem a nu uma realidade que contraria, com grande pungência essa alegada brandura de costumes.

Começando no primeiro rei e estendendo-se até épocas recentes este rol de tragédias familiares mostra até que ponto essas contendas terão influenciado na formação e desenvolvimento de Portugal como Nação e como Povo.

Num momento em que os Portugueses têm de suportar os efeitos da violenta crise que os atinge, não é por qualquer razão de origem histórica que mantêm uma postura de condescendência e de ordeira reação.

Vejamos, pois, o que a nossa História nos tem para dizer:

 

Afonso Henriques

1128 – Batalha de S. Mamede contra a mãe, D. Teresa.

1140 – Torneio de Arcos de Valdevez contra o primo Afonso VII rei de Leão e Castela.

1169 – Combate em Badajoz contra o genro Fernando II rei de Leão.

D. Sancho I

1185 – Guerra contra o cunhado D. Fernando II de Leão.

1196 – Guerra contra o genro D. Afonso IX rei de Leão.

D. Afonso II

1211 – Guerra contra o cunhado D. Afonso IX de Leão.

1211 – Contendas com as irmãs infantas D. Teresa, D. Sancha e D. Mafalda.

1220 – Conflitos com o meio-irmão Martim Sanches.

D. Sancho II

1245 – Guerra civil com o irmão D. Afonso III.

D. Afonso III

1245 – Guerra civil contra o irmão D. Sancho II.

1250 – Guerra contra o futuro sogro Afonso X de Castela.

D. Dinis

1281 – Primeira desavença contra o seu irmão D. Afonso.

1286 – Nova guerra civil entre D. Dinis e seu irmão D. Afonso.

1295 – Guerra com Castela contra o futuro genro D. Fernando IV.

1299 – Terceira guerra contra o seu irmão D. Afonso.

1319 – Guerra civil entre D. Dinis e o seu filho infante D. Afonso IV.

1323 – Recontro de Alvalade entre o Rei e o filho D. Afonso.

D. Afonso IV

1324 – Conflito político-militar com o pai D. Dinis.

1325 – Guerra civil entre o Rei e o irmão bastardo D. Afonso Sanches.

1325 – Manda executar o irmão infante D. João Afonso.

1335 – Guerra contra o genro D. Afonso XI rei de Castela.

D. Pedro I

1355 – Rebelião do infante contra o pai D. Afonso IV.

D. Fernando

1381 – Guerra com o futuro genro D. João I de Castela.

D. João I

1383 – O Conde de Andeiro é assassinado pelo mestre de Avis.

D. Duarte

1438 – Oposição à regência de D. Leonor.

D. Afonso V

1448 – Relações tensas com o tio regente D. Pedro.

1449 – Batalha de Alfarrobeira. D. Pedro defronta o sobrinho e morre.

D. João II

1483 – Manda prender o duque de Bragança que é degolado.

1484 – Mata pessoalmente o cunhado D. Diogo apunhalando-o.

D. Manuel I

1497 – Primeiro casamento. Com a viúva do príncipe D. Afonso, D. Isabel.

1500 – Segundo casamento. Com D. Maria, irmã da sua primeira mulher.

1517 – Terceiro casamento. Com D. Leonor, noiva de seu filho D. João III.

D. João III

1531 – D. João III pede ao Papa autorização para estabelecer a Inquisição em Portugal.

D. Sebastião

1562 – Desentendimento com a avó D. Catarina

1568 – Desavença com o tio-avô D. Henrique.

D. Henrique

1568 – Desavença com o sobrinho D. Sebastião.

D. João IV

1641 – São executados, entre outros, o duque de Caminha e o conde de Armamar.

1643 – Execução de Francisco Lucena, secretário de Estado de D. João IV.

1646 – Execução de Domingos Leite. Tentativa de regicídio.

D. Afonso VI

1667 – Deposição do Rei a favor do irmão D. Pedro II.

1669 – D. Afonso VI é preso e desterrado para os Açores.

D. Pedro II

1674 – Luta com os partidários do irmão D. Afonso VI.

D. João V

1728 – Corte de relações com a Santa Sé.

D. José I

1759 – Execução dos Távoras.

D. Maria

1760 – Casa com o tio D. Pedro III.

1792 – A Rainha é atacada de loucura.

D. João VI

1807 – Fuga da família real para o Brasil.

1823 – D. João VI enfrenta o filho D. Miguel.

D. Pedro IV

1828 – Conflito entre D. Pedro IV e o seu irmão D. Miguel para a posse da coroa.

D. Miguel

1828 – Inicio das guerras entre D. Miguel e o irmão D. Pedro IV.

D. Maria II

1846 – Revolta da «Maria da Fonte» contra o governo de Costa Cabral.

D. Pedro V

1861 – D. Pedro V morre no seguimento de uma viagem ao Alentejo, vítima de febre tifóide.

D. Luís I

1861 – Tumultos em Lisboa, devido às suspeitas sobre as causas da morte de D. Pedro V.

D. Carlos I

1908 – O rei D. Carlos e o filho mais velho são assassinados no Terreiro do Paço.

 

Sidónio Pais

1918 – O presidente Sidónio Pais é assassinado no Rossio.

António Granjo

1921 – O chefe de Governo António Granjo é assassinado no Arsenal.

 

 

 

 

 

Leave a Reply