CONTOS & CRÓNICAS – “Uma moedinha por favor” – por Adão Cruz

contos2 (2)

 

O homem subia a Rua da Restauração, a qual, apesar do nome, nada restaurava, antes o desconjuntava ainda mais com a subida íngreme. Com aajuda de uma bengala arrastava a perna direita, desacertada por um AVC. Passava-se isto perto do Bairro Ignês, o bairro dos Erasmus,junto à casa abandonada do velho médico dos olhos, onde eu esperava os meus netos para a festa do primeiro aniversário da Carmen.

 Filhos da puta enfiaram-me no banco de trás do carro, lá no fundo da rua, e disseram Ó meu, passa para cá o carcanhol. Limparam-me dezoito euros e deixaram-me aqui. O velho dirigia-se a mim fazendo esforços para lacrimejar.

 O Senhor está com cara de riso… não acredita, pois não…? Claro que não.Eu bem digo à tola da minhamulherqueestatretanãodáresultado e deixa a gente de queixocaído.Masela é teimosa e diz que eu é que sou burro e não sei armar bem a estrangeirinha. Maseu antes quero pedir uma ajudinha, cara a cara. O Senhorpodedar-me umamoedinha, porfavor? E desculpeláaaldrabice.

 Chovia miudinha. Abrigámo-nos debaixo de um beiral.Foi uma chatice para a Maria e para o Michael que tiveram de meter a mesa debaixo de um vão de escada. Mas a paisagem sobre o Douro era deslumbrante, apesar da chuva e da neblina.

 Mas o senhor quer saber, a minha mulher ainda faz pior. Encosta-se á entrada de um prédio e diz a quem passa que bateu a porta do andar e deixou lá dentroImagem1 a chave, a carteira com o telemóvel, uma irmã entrevadinha e um cãozito a gemer de fome, e pede dinheiro para ir de autocarro a Gondomar buscar uma chave a casa de outra irmã. Mas ela não tem nenhuma irmã, nem aqui nem em Gondomar. Anda nisto há semanas e já fez alguns euros. Inventa estas coisas mesmo com a cabeça cheia de alzaima.Quando alguém pega no telemóvel e diz que vai ligar à polícia para resolver a situação, ela pira-se. Não tem ponta de vergonha.

 Eu antes quero ser sério do que aldrabão. O Senhor pode dar uma moedinha?

 

ILustração – pormenor de quadro de Adão Cruz

  

 

Leave a Reply