VITAE SUMMA BREVIS, de ERNEST DOWSON – tradução de João Machado

Imagem1

 

 Dedicado à Rachel Gutiérrez

  

1867 - 1900
1867 – 1900

VITAE SUMMA BREVIS

 

 

They are not long, the weeping and the laughter,

    Love and desire and hate:

I think they have no portion in us after

    We pass the gate.

 

They are not long, the days of wine and roses: 

  Out of a misty dream

Our path emerges for while, then closes

    Within a dream.

 

A BREVIDADE DA VIDA

 

Não duram muito, o choro e a alegria,

   Amor e desejo e ódio:

Acho que não terão lugar em nós no dia

   Do último episódio.

 

Não duram muito, os dias de vinhos e rosas:

    Saindo de um sonho nublado

O caminho mostra-se até, pressurosas,

    Sombras de sono sonhado.

 

 

 

 

Nota – Ernest Dowson intitulou o poema Vitae Summa Brevis Spem Nos Vetat Incohare Longam, o que quer dizer A Brevidade da Vida Impede que Possamos Acalentar Longas Esperanças.

2 Comments

  1. Excelente a tradução deste poema tão melancólico e tão belo de um poeta injustamente tão pouco conhecido, João Machado. Agradeço imenso a dedicatória..
    abraço comovido da
    Rachel

Leave a Reply