VIVA O TERCEIRO ANIVERSÁRIO – QUEM DÁ CARTAS

carta-do-porto

Vamos falar de cartas e de quem no-las envia. José Magalhães e a sua Carta do Porto parece ter encontrado o endereço certo dos corações tripeiros –LOGOCITY muitas leituras e numerosos e entusiásticos comentários – um grande sucesso a carta semanal vinda da Invicta. Josep A. Vidal manda-nos a Carta de Barcelona, em catalão, abordando sempre temas de grande interesse e relacionados com a literatura ou com a arte catalãs, com a História ou com a evolução política da Catalunha.

riojaneiro2Outras cartas nos vão chegando de várias cidades onde temos amigos – até da
paris copy
“Cidade Maravilhosa” – a  Carta do Rio, que a argonauta  Rachel Gutiérrez nos envia semanalmente, falando-nos do que vai palpitando nos corações cariocas; mais espaçada é a correspondência vinda de França – a Carta de Paris, da argonauta e romancista Manuela Degerine,

A Carta de São Paulo, enviada pelo Flamarion Maués é também pouco frequente, embora muito interessante. Semanal, cheia de humor, bem-disposta, é a Carta de Lisboa, do Pedro Godinho.

lisboa[1]

Esta rede argonáutica de correspondentes, que perdeu o seu decano, Sílvio Castro, e a sua Carta de Veneza, prevê-se que aumente ao longo do próximo ano de actividade. Temos amigos em muitas cidades. Mas não gostam de escrever cartas…

Leave a Reply