DIA 26 DE SETEMBRO DISCUTE-SE “UMA ECONOMIA VERDE NUM MUNDO AZUL” por Clara Castilho

Logo planeta1

“Uma Economia Verde num Mundo Azul” é o título da Conferência AMI/Global Compact, que decorrerá dia 26 de setembro, no Auditório Almada Negreiros (Porto de Lisboa).

 O evento contará com uma conferência inaugural a cargo de Helena Vieira, Marine Biotech Expert e Professora Convidada da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL),e uma mesa redonda na qual participarão vários oradores portugueses, nomeadamente Aldino Santos Campos, Responsável da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental, Luís Manuel de Carvalho Gato, Professor Associado do Instituto Superior Técnico e regente da Disciplina de Energias Renováveis, Nuno Sequeira, Presidente da Quercus, e Nuno Lacasta, Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente.

 ami

Será ainda apresentada uma boa prática internacional por Julie Church, fundadora da ONG queniana, OCEAN SOLE (já aqui referida: http://aviagemdosargonautas.net/2014/09/10/proteger-o-mar-de-varias-formas-por-clara-castilho/)

A encerrar o evento, estará presente Steve Kenzie, representante da Global Compact Network do Reino Unido e Deputy Chair do Local Networks Advisory Group do UN Global Compact.

Paralelamente à Conferência, foi lançado um prémio, dirigido a estudantes universitários, desafiando-os a apresentar uma ideia de negócio que possa colmatar um problema nacional ou global relacionado com o tema da conferência.

A equipa vencedora será anunciada no dia da conferência e terá a oportunidade de apresentar a sua ideia ao orador internacional convidado.

Em 2011, a Fundação AMI aderiu ao UN Global Compact e à Rede Portuguesa do Global Compact (GCNP – Global Compact Network Portugal).

No âmbito do seu 4º Pilar, Alertar Consciências, e procurando alinhar uma das suas ações com o propósito da Rede de expandir a mensagem desta iniciativa da ONU e fomentar a adesão de mais membros, a Fundação AMI propôs organizar uma conferência anual sobre cada uma das 4 áreas abordadas pelo UN Global Compact, nomeadamente Práticas Laborais, Proteção Ambiental, Direitos Humanos e Anticorrupção.

Já no ano de 2013, no âmbito de um evento intitulado “Encontros Improváveis”, decorreu a 1.ª conferência subordinada ao tema “Novas Formas de Organização do Trabalho”.

 

Leave a Reply