LIVRO & LIVROS – LANÇAMENTO DE “CULTURA e POLÍTICA(s)”, de FERNANDO PEREIRA MARQUES – por João Machado

 

livrolivros2Ontem, 7 de Janeiro, ao fim da tarde, decorreu no Centro Nacional de Cultura (CNC), em Lisboa, o lançamento do livro deImagem5 Fernando Pereira Marques, Cultura e Política(s). Depois da introdução por António Baptista Lopes, Director da Âncora Editora, entidade responsável pela edição, fizeram a apresentação da obra Guilherme de Oliveira Martins, presidente do CNC, e o historiador António Reis, professor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Como amigos de longa data e correligionários do autor, falaram com grande amizade sobre a sua pessoa, e referiram elementos significativos sobre a sua carreira, respeitantes não só ao aspecto profissional, mas também à sua intervenção política, desde os tempos de luta contra a ditadura. Frisaram como essa experiência contribuiu decisivamente para o seu trabalho, nãosó no que respeita à presente obra, mas também para as que produziu anteriormente. Explicaram à numerosa assistência como a experiência e a preparação de Fernando Pereira Marques lhe permitem estar numa posição privilegiada para explicar o papel decisivo da cultura na sociedade actual, na medida em que é essencial para a coesão desta, pois desempenha um papel vital na integração dos indivíduos, incluindo a dos pertencentes a minorias, e na defesa da democracia. Frisaram a importância de na obra Cultura e Política(s),o autor se apoiar em elementos pertencentes não só à sua área específica, a Sociologia, mas também à Filosofia e outras áreas científicas.

O autor agradeceu com alguma emoção, e referiu a perturbação que lhe causou a tragédia causada pelo ataque de fanáticos ao semanário satírico Charlie Hebdo, que reforçou as suas convicções a respeito das ameaças que pesam sobre a sociedade actual, e lamentou o nível a que se chegou em termos de intervenção política, em geral e ao nível do comentário nos órgãos da comunicação social. Recordou incidentes da sua vida, da fase em que foi preso político, na altura em que estava em liberdade condicional e teve oportunidade de frequentar o CNC. A assistência acompanhou os trabalhos com grande interesse, e aplaudiu demoradamente as intervenções.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: