ETIMOTECA – Bombordo – por Octopus

Imagem1

A Etimologia é a disciplina que estuda a origem e a formação das palavras. Partindo de um vocábulo e percorrendo o caminho inverso ao da sua evolução, chegar ao étimo desse vocábulo, ou seja à palavra que a originou. Como, estando na foz de um o rio, o percorressemos de juzante a montante, tentando encontrar a sua nascente. Octopus apresenta-nos a partir de hoje, todos os sábados às 18 horas o seu estudo etimológico de uma dada palavra. Esperamos a colaboração dos nossos amigos visitantes, comentanado, apoiando, discordando…

Imagem1

Começamos com um termo náutico. Bombordo – ou não fôssemos nós argonautas…

 Num expositor no promontório de Sagres, podemos encontrar a explicação de que o nome “bombordo” vem do facto de os navios ao descerem o Atlântico ao longo da costa africana terem à sua esquerda a terra e os respectivos portos, o que portanto seria o “bom bordo”. Esta explicação, apesar de sedutora, não resolve o porquê de chamar “estibordo” ao lado direito do navio, onde só existia o mar e o desconhecido. A explicação é mais complexa. A origem destes nomes vem de uma língua nórdica antiga falada pelos habitantes da Escandinávia na Era Viking: “bakk bord” e “styr bord“, onde “styr” significa “leme” e “bakk” “costas” e “bord” “lado”. Até à Idade Média o leme de uma embarcação estava situado no lado esquerdo para poder ser manipulado mais facilmente dado que a maioria das pessoas são destras. Assim “estibordo” é o lado do leme e “bom bordo” o bordo da embarcação que se encontra nas costas do timoneiro. Os termos foram evoluído e chegaram à velha língua holandesa como “stierboord” e “bakboord“. Mais tarde, no século XV a França adopta as palavras transformando-as em “bâbord” e “tribord“. O acento circunflexo no “a” deve-se ao facto de, até ao século XVII, evitar a confusão com “bas-bord”, bordo inferior. Noutras línguas os nomes evoluíram da mesma maneira: temos em italiano “babórdo” e “stribordo” e em espanhol “babor” e “estribor“. Na língua inglesa, designa-se o bombordo pela palavra “port” que quer dizer “porto” porque é o lado que convencionalmente é usado para atracar um navio ao porto para que seja carregado com mercadorias e evitar assim que o leme fosso esmagado, o estibordo designa-se de “starboard“.

Como últimas curiosidades, a luz colocada à esquerda de um navio é vermelha e à direita verde. A numeração de compartimentos, quando o último algarismo é par, refere-se a um espaço a bombordo, quando é ímpar, a estibordo.

 

Leave a Reply