DIA DO PAI por Luísa Lobão Moniz

olhem para  mim

Diz-se que há 4000 anos um jovem de seu nome Elmesu, na Babilónia, moldou em argila um postal, que seria o primeiro dedicado ao pai.

Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai.

A partir dessa data outros povos começaram também a festejar “O dia do Pai”.

A razão principal foi criar uma data para fortalecer os laços familiares e o respeito pelo pai, como já acontecia com a mãe.

Festejava-se o afecto e o respeito.

Mas logo o comércio minou esta intenção criando imensos postais dedicados aos pais, objectos com dedicatórias, tudo o que é vendável para este fim.

Em Portugal o dia do pai é comemorado no dia 19 de Março. Nesta data o Inverno começa a chegar ao fim e começa a anunciar-se a Primavera com todas as suas flores, com a renovação da Natureza. É um miminho que a Natureza nos oferece.

A Igreja Católica apoderou-se, também, desta data, para comemorar religiosamente o dia 19 de Março, pois é o dia de S. José…

Alguns anos atrás os professores, nas escolas, faziam com os seus alunos bonitos postais para os pais, com mensagens de amor e respeito. Talvez, nesta altura, esse dia ainda lembrasse Elmesu…

Agora nas escolas as crianças fazem diversos objectos com material reciclável.

 bia 21.3

 E as tabacarias vendem tudo o que diga Pai.

A data do Dia do Pai varia de país para país.

O comércio faz campanhas com descontos, a internet tem inúmeras frases dedicadas aos pais… é só escolher.

Ora, o Dia do Pai, não deveria ser comerciável, mas sim um dia em que os Pais pensassem como desempenham a sua função de PAI.

Os pais de hoje não são os pais das décadas 50, 60 ou 70.

O homem aprendeu muito, depois do 25 de Abril, com a revindicação das mulheres para que a vida em família fosse partilhada, e uma dessas partilhas era a função de Pai e de companheiro da mãe.

Hoje em dia, já muitos pais fazem tudo o que as mães fazem em relação ao crescimento e desenvolvimento dos filhos.

O Dia do Pai é a conquista que os pais tiveram em poder partilhar o seu carinho e o seu tempo com os filhos, sem barreiras de género.

O Dia do Pai é bom, se assim for entendido, como uma relação harmoniosa dentro da família.

Muito vão ter que recordar, estes filhos, que podem comemorar o dia do Pai com afecto.

Não é preciso comprar nada. O postal, ilustrado e com mensagens, feito pelos filhos, é a manifestação espontânea de dizer Obrigada Pai.

2º

Leave a Reply