POBRES RICOS! TORNAM-SE CADA VEZ MAIS RICOS… – por JEAN-PAUL BRIGHELLI

brighelli - II

Selecção, tradução, montagem e notas por Júlio Marques MotaCauseur_svgbrighelli - IPobres ricos! Tornam-se cada vez mais ricos…

 

Jean-Paul Brighelli, Pauvres riches! De plus en plus riches…

Revista Causeur, 24 de Novembro de 2015

Os Estados Unidos vão bem, melhor para eles. O aeroporto de Los Angeles vai abrir uma ala especial VIP onde se poderá ser recebido confortavelmente por uma soma adicional entre 1500/1800 dólares para lá do preço do seu bilhete. Isto evitar-vos-á que se cruze os vossos fans, quando se é uma estrela ou muito simplesmente que se cruze com os pobres, quando se é rico.

E  ricos, há por lá muitos  — que são mesmo cada vez mais  ricos, graças à crise. E dos pobres, há nos Estados Unidos muitíssimos — 46 milhões de Americanos alimentam-se graças aos tickets de ajuda alimentar.

brighelli - III

O aeroporto, que nega ser particularmente elitista, sem dúvida para conservar a sua clientela do PS francês, faz notar aos meios de comunicação social que ficaram pasmados  com tais estruturas, que põem as pessoas wealthy (as celebridades e os ricos)  ao abrigo dos proletários, dos que não trabalham, que além disso  andam  frequentemente sujos, e  enraivecidos, capazes de vos puxar pela camisa, já existem em Paris, Genebra, Londres, Amsterdão, Istambul, Dubai, Moscovo, Munique, Frankfurte, Madrid e Zurique. Aproximadamente, por toda a parte onde há um lugar financeiro importante. Desconfiem, leitores ricos de Bonnetdane, em  Tóquio arriscam-se a ficar ao lado dos zé-ninguém.

Sinto-me bastante orgulhoso por ser cidadão de um país que dispõe já de guetos para multimilionários. Pobres ricos, coitados! Isto compensa os outros guetos, mais familiares, onde a miséria se junta ao alcoolismo, à desnutrição, à solidão, à falta de dentes em bom estado (e para mastigar o quê, digam-melá? Um pedaço de pão diário ou relativamente semanal, como dizia Prévert?).

Uns põem os seus filhos  em escolas onde se pratica a “mixité” social  uniforme. Outros vão para os Colégios de Elite tipo École des Roches:

brighelli - IV

Écoles des Roches

“Desde 1899, pode-se ler na introdução sobre o sítio deste campo de concentração para as upper class, a École des Roches coloca o aluno no centro do seu ensino, garantindo o seu sucesso escolar e o seu desenvolvimento  pessoal em plenitude. A nossa abordagem é profundamente humanista e multicultural.” E a fotografia que acompanha esta profissão de fé pedagogista mostra efectivamente a mixité do local.

brighelli - V
Recordam-se sem dúvida desta comédia musical dos anos 60, Um Violino no Telhado, cuja  canção mais famosa é precisamente  If I were a rich man. Norman Jewison (a quem se  deve  muitos dos filmes memoráveis, o Kid de Cincinnati,  O Caso de Thomas Crow, No calor da Noite  e outros ) realizou  um filme famoso em 1971, oscarizado precisamente pelas suas  canções. Que canta o personagem principal?

« If I were a rich man
Yubby dibby dibby dibby dibby dibby dibby dum
All day long I’d biddy biddy dum/If I were a wealthy man »

Sim, é exactamente isto: Yubby dibby dibby dibby dibby dibby dibby dum. Nada, portanto.  «é necessário a mixité nos colégios»: Yubby dibby dibby dibby dibby dibby dibby dum. « Nós vamos tomar medidas para combater  Daech » : Yubby dibby dibby dibby dibby dibby dibby dum. « O meu inimigo é a finança » : Yubby dibby dibby dibby dibby dibby dibby dum. E assim sucessivamente.

O sector económico mais florescente hoje visa a manter os ricos afastados do  povo. Ou os ministros. Os vidros matizados serão a partir do próximo Janeiro proibidos nos automóveis. Em teoria, para proibir a partir de agora que alguém se  esconda por detrás   dos vidros opacos.  Com efeito, é para poupar aos poderosos, que terão todas as derrogações da terra sob o pretexto de segurança, de ver  o   que se passa na França periférica. Aí, onde se começam a levantar as forquilhas e  a despir os Directores dos Recursos humanos.

Jean-Paul Brighelli, Revista Causeur, Pauvres riches! De plus en plus riches… Texto disponível em :

http://www.causeur.fr/pauvres-riches-35530.html?utm_source=Envoi+Newsletter&utm_campaign=a9217f6aa7-Newsletter_28_09_15&utm_medium=email&utm_term=0_6ea50029f3-a9217f6aa7-57412501

Leave a Reply