“CIRCULAR 14: A APOTEOSE DE ARISTIDES” ORATÓRIA EM LOS ANGELES por clara castilho

O compositor norte-americano Neely Bruce, professor na Universidade de Wesleyan, no Connecticut, compôs uma oratória inspirada em Aristides Sousa Mendes que estreou dia 18 deste mês no Auditório Moses E. Gindi da American Jewish University de Los Angeles. A peça, com o título “Circular 14: The Apotheosis of Aristides”, tem uma duração de 90 minutos e é interpretada por cinco solistas, dois coros e uma orquestra sinfónica completa e, além de solos de piano, tem solos de guitarra portuguesa. Pedro da Silva tocará guitarra portuguesa, Bruce estará ao piano e Michel Gill, da série “House of Cards, cuja família foi salva por Sousa Mendes, fará de narrador.

MichelGill-5640f6aa87ad6

O título, “Circular 14”, remete para a ordem de Oliveira Salazar que proibia o pessoal diplomático português de emitir vistos a apátridas e judeus.

Foi no final do outono de 2010 que Neely Bruce foi desafiado pela presidente da Fundação Aristides de Sousa Mendes a compor a peça. Depois de ter investigado a vida e obra de Aristides de Sousa Mendes, o cônsul que desrespeitou as ordens de Salazar e concedeu milhares de vistos a refugiados que procuravam fugir da França ocupada pelas forças nazis, durante a Segunda Guerra Mundial, contou com a colaboração de da presidente da fundação, Olivia Mattis, do especialista em história judaica Howard Needler e do dramaturgo John Basinger. Neely Bruce conheceu algumas das pessoas salvas graças aos vistos passados por Sousa Mendes.

Um excerto da obra, com 40 minutos, foi apresentado pela primeira vez dia 19, em Washington, num evento para celebrar os 75 anos das ações heroicas de Sousa Mendes.

As receitas de bilheteira desta actuação revertem na totalidade para a Sousa Mendes Foundation.

Leave a Reply