EDITORIAL –  AS NAÇÕES EUROPEIAS

logo editorial

Para a semana vamos ter ocorrências fortes ao nível europeu. Não, não nos estamos a referir ao campeonato europeu de selecções de futebol, que, ao que julgamos, é conhecido pelo euro – 2016 (desculpem se houve engano). Queremos sim referir-nos ao referendo para o Brexit (ou não), e às eleições no reino espanhol. Alguns perguntarão: que temos nós a ver com isso? Bem, alguma coisa temos. Reconhecemos à partida que, qualquer que que seja o resultado nestes acontecimentos (não, não lhes vamos chamar eventos ou happenings, termos que agora parecem estar na moda), nós aqui no cantinho à beira-mar (não dizemos plantado nem encostado que até gostamos da vista e do resto), vamos continuar a ter uma vida difícil. Mas acreditem que estamos convictos de que podemos (não, não nos estamos a referir ao Vencer Podemos) melhorar bastante.

Na Grã-Bretanha parece que as preocupações giram muito à volta dos interesses da City, portanto da especulação financeira, e da entrada de estrangeiros. Hoje deu-se um facto horroroso: uma senhora, Jo Cox, que acontece ser eleita pelo partido trabalhista foi atacada a tiro e à facada quando saía da biblioteca municipal. Acontecimento horrível e condenável em qualquer circunstância, terá ocorrido por motivações políticas, por fala-se em gritos de “Britain First”, ouvidos na altura. No reino espanhol, parece haver dificuldades de entendimento a vários níveis, à esquerda e à direita. E a questão fulcral das autonomias continua sem ser claramente encarada pelos partidos tradicionais. O PODEMOS entretanto fala num referendo ao nível nacional. Rajoy, por seu lado, ufana-se da baixa do desemprego. Mas terá sido à custa do emprego precário. Em Madrid, o Ahora Madrid, com Manuela Carmona, terá conseguido uma melhoria significativa nas finanças do Ayuntamiento. É cedo ainda para conclusões.

Será de estarmos com a maior atenção ao que se vai passando nas várias nações, na Europa e não só. Propomos que cliquem nos links abaixo:

https://www.theguardian.com/uk-news/2016/jun/16/labour-mp-jo-cox-shot-in-west-yorkshire

http://www.publico.es/espana/carmena-reduce-deuda-madrid.html

http://www.commondreams.org/views/2016/06/15/why-global-capital-fears-brexit

1 Comment

  1. Que momentos apocalípticos a asfixiar o Povo. Os abutres do poder ainda não se deram conta de que uma nova classe média está a brotar vinda de lutas insanas .Maria

    No dia 16 de junho de 2016 às 16:30, A Viagem dos Argonautas escreveu:

    > joaompmachado posted: ” Para a semana vamos ter ocorrências fortes ao > nível europeu. Não, não nos estamos a referir ao campeonato europeu de > selecções de futebol, que, ao que julgamos, é conhecido pelo euro – 2016 > (desculpem se houve engano). Queremos sim referir-nos ao refer” >

Leave a Reply