HAJA BOM SENSO por Luísa Lobão Moniz

olhem para  mim

Não querendo melindrar quem pensa que o sucesso escolar passa pelo trabalho de casa recordo que o relatório PISA revela que Portugal é o país que mais melhorias apresenta.  Não consta que tivesse havido um reforço de TPC.

A questão do haver ou não TPC já vem de longe, e parece que ainda irá permanecer, pois não há um consenso geral relativamente ao que representa nas aprendizagens.

Os pais que têm emitido a sua opinião acerca desta questão são, na sua maioria, pessoas escolarizadas, que sempre tiveram TPC e a recordação que deles têm não é a melhor.

São fins de tarde e fins de semana sentados numa mesa, durante horas para os conseguir fazer recorrendo no fim à ajuda dos pais que ansiosamente, para que o filho não seja castigado, acabam por os fazer. Iludem-se todos, professores, alunos e pais com os resultados desse trabalho que seria certamente BOM.

Os pais não são verdadeiramente contra os TPC, penso eu, o que querem é que haja uma mudança no tipo de trabalho para casa.

Não mais cópias nem contas. Porque não a leitura de uma notícia?

 Sabe-se que os melhores alunos são aqueles que mais tempo dedicam ao TPC, em busca de uma subida nas notas. Estes alunos têm um projecto de vida que passa pela aquisição de novos conhecimentos, são alunos que são reconhecidos pelo seu grupo de amigos, de familiares, pelos professores… Quanto mais auto estima mais segurança nos seus processos de aprendizagem.

Mas o tecido dos alunos não é todo igual, sabemos bem a diversidade de ritmos de aprendizagem dos alunos, da forma como comunicam, de culturas, de relacionamento com o conhecimento fora da escola, a diversidade de vivências familiares…a relação que têm com a Escola.

Porque é que têm que ir à Escola se o pai diz “Se não fizer a escola não faz mal, eu também não fiz a 4ª classe e estou aqui”

Como são diferentes as vidas dos nossos alunos que são uns heróis da aprendizagem, pelo esforço que fazem para se sentirem incluídos, para se sentirem sonhadores de um projecto de vida.

Alguns pais pensam que os professores não têm a noção do tempo que os filhos levam para fazer trabalhos de casa….e os pais terão a noção do tempo que os filhos levam a fazer os trabalhos na escola?

Penso que um bom trabalho de casa é o diálogo e o amor trocado entre os familiares, sem a ansiedade de cumprir com o TPC.

Espantosamente vejo pessoas que querem remeter este assunto para os partidos na Assembleia da República, ou seja, querem que sejam eles a legislar se deve ou não deve haver Trabalhos para casa!

Quem sabe se deve passar TPC são os professores em diálogo com os seus alunos e com os pais. Os professores são as pessoas habilitadas para esclarecer e decidir sobre os trabalhos de casa, podem até estabelecer um protocolo com os alunos que os responsabilize da sua gestão do tempo extra-escolar.

Não são precisas leis para proibir o trabalho de casa nem para o tornar obrigatório.

Os trabalhos de reforço das aprendizagem são inúmeros…

Haja bom senso!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: