ADSE – A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP -INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

A ADSE INICIOU O PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE 38,8 MILHÕES € FATURADOS A MAIS EM 2015 E 2016 FUNDAMENTALMENTE PELOS GRANDES GRUPOS PRIVADOS DA SAÚDE E A AMEAÇA DA APHP
INFORMAÇÃO 7/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE

Depois de muitas hesitações e adiamentos devido à pressão e chantagem dos grandes grupos privados da saúde organizados na Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (conhecida por APHP, eles são o seu conselho de administração), que funciona de forma organizada e unida, a ADSE iniciou finalmente o processo de “regularizações”, ou seja, a recuperação de 38,8 milhões € pagos a mais em 2015 e 2016 fundamentalmente aos grandes grupos privados de saúde (grupos Luz, José Mello Saúde, Lusíadas, Trofa, HPA) com dinheiro dos trabalhadores e aposentados da Função Pública. Isto só foi possível devido à pressão constante dos representantes dos beneficiários no Conselho Geral e de Supervisão e no Conselho Diretivo da ADSE que nunca deixaram de exigir a recuperação destas elevadas quantias pagas a mais com os descontos dos trabalhadores e aposentados da Função Pública. É preciso que fique bem claro que é dinheiro dos trabalhadores e aposentados da Função Pública indevidamente apropriado nomeadamente pelos grandes prestadores de saúde. É o que vamos mostrar seguidamente e as razões da ADSE.

Continuar a ler clicando em:

Click to access 60-2018-adse-regularizacoes.pdf

Leave a Reply