DIA MUNDIAL DA POESIA – “LIBERTÉ”, de PAUL ÉLUARD, por GÉRARD PHILIPPE

(1895 – 1952)

Paul Éluard, pseudónimo de Eugène Emile Paul Grindel, nasceu em 1895, Saint-Denis (Paris) e morreu em 1952, Charenton-le-Pont (Paris). Poeta francês. Participou no movimento dadaísta, de Tristan Tzara, e depois no surrealismo, de André Breton. Desvinculou-se deste último movimento depois de ter aderido ao Partido Comunista Francês, embora continue a ser considerado como um dos maiores poetas surrealistas. Autor de uma extensa obra literária é, no entanto, o seu poema Liberté, escrito em 1942, quando a França estava ocupada pelas forças alemãs, que se transformou num ícone de Éluard. Muitos milhares de exemplares foram impressos, distribuídos clandestinamente, lançados sobre França pelos aviões britânicos. Ouçamo-lo, dito pelo grande actor francês Gérard Philipe (1922 –1959):

 

(1922 – 1959)
S.Kragujevic,_Gérard_Philipe_1955.JPG

Obrigado a Jean Florenzano e ao youtube

Para ler a tradução de Liberté por Jorge de Sena, clique abaixo:

https://canaldepoesia.blogspot.com/2014/04/paul-eluard-liberdade.html

Leave a Reply