Posts Tagged: jorge de sena

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ÚLTIMO ENCONTRO IMAGINÁRIO de 2019 – participação da sociedade civil – com SOPHIA DE MELLO BREYNER, MODERADOR e JORGE DE SENA – HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 16 de DEZEMBRO, às 21.30

  Debates entre personagens marcantes da HISTÓRIA UNIVERSALPARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL Sophia de Mello Breyner Andresen (Porto, 6 de novembro de 1919 — Lisboa, 2 de Julho de 2004) foi uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa,

DIA MUNDIAL DA POESIA – “LIBERTÉ”, de PAUL ÉLUARD, por GÉRARD PHILIPPE

Paul Éluard, pseudónimo de Eugène Emile Paul Grindel, nasceu em 1895, Saint-Denis (Paris) e morreu em 1952, Charenton-le-Pont (Paris). Poeta francês. Participou no movimento dadaísta, de Tristan Tzara, e depois no surrealismo, de André Breton. Desvinculou-se deste último movimento depois

MUSEU DO NEO-REALISMO – CICLO DE CINEMA REALISMOS CONTEMPORÂNEOS – “CORRESPONDÊNCIAS”, de RITA AZEVEDO GOMES – AMANHÃ, SEXTA-FEIRA, 28 de ABRIL, às 21.30.

  No âmbito do Ciclo de Cinema “Realismos Contemporâneos”, o Museu do Neo-Realismo apresenta ao público, no próximo dia 28 de abril, pelas 21h30, o documentário Correspondências de Rita Azevedo Gomes. Jorge de Sena, forçado a sair do país por

APRESENTAÇÃO de JORGE DE SENA “AQUI NO MEIO DE NÓS”, de FERNANDO J. B. MARTINHO – AMANHÃ, 15 de FEVEREIRO, às 18 horas, na FACULDADE DE LETRAS DE LISBOA.

Também em: http://www.edi-colibri.pt/Noticias.aspx?NoticiaID=681

NATAL DE 1971, de JORGE DE SENA

                  Este poema de Jorge de Sena já tinha sido publicado no Estrolabio, em 26 de Dezembro de 2010. Ver em: http://estrolabio.blogs.sapo.pt/483053.html      

JORGE DE SENA – CONCLUSÃO

Breve biografia – IV parte – Estados Unidos e últimos anos No Brasil em Março de 1964 instaurou-se uma ditadura militar – os fatídicos «anos de chumbo». Jorge de Sena saíra de Portugal para se furtar às prepotências do salazarismo. No Brasil agora a

JORGE DE SENA – PEQUENA HOMENAGEM

Breve biografia – III parte – Exílio no Brasil Jorge de Sena, sentia uma angústia crescente – A necessidade de trabalhar para além do horário normal não lhe deixava tempo para escrever – o facto de não pertencer a qualquer círculo

JORGE DE SENA – A HOMENAGEM

Breve biografia – II parte – As primeiras obras. Após o insucesso na Escola Naval, Jorge de Sena optou pela Engenharia Civil. Frequentou os primeiros anos em Lisboa e concluiu  o curso no Porto em 1944. Continuou a escrever poesia,

HOMENAGEM A JORGE DE SENA

Breve biografia – I parte – Juventude. Um sonho desfeito. Começamos, com uma pequena nota biográfica, uma homenagem a um outro grande intelectual do universo lusófono – Jorge de Sena – poeta, ficcionista, professor universitário. Jorge Cândido de Sena nasceu em