MORREU PETER BROOK (1925 – 2022) – GRANDE DIRECTOR E ENCENADOR BRITÂNICO

Peter_Brook.jpg, por John Thaxter

 

Faleceu há poucos dias em Paris o encenador britânico Peter Brook, considerado por muitos como o maior director de teatro. Começou a trabalhar nos anos quarenta no Birmingham Repertory Theatre, e depois esteve na  Royal Opera House e  na Royal Shakespeare Company. Nesta última dirigiu a peça  Marat/Sade, de Peter Weiss, apresentada pela primeira vez em língua inglesa. O seu primeiro trabalho foi Dr. Faustus, de Marlowe, ainda em 1943. Encenou Shakespeare, Arthur Miller, Ted Hughes, Anton Tchekov e muitos outros, Entre  influências que terá tido inclui-se Antonin Artaud e o seu Teatro da Crueldade, mas também Joan Littlewood, Grotowski, Brecht e outros. Propomos que cliquem abaixo e leiam um artigo de Chris Weigand no Guardian:

Peter Brook, influential theatre visionary, dies aged 97 | Peter Brook | The Guardian

E que vejam The Mahabharata, filme de Brook baseado no grande épico hindu inspirado nos Vedas (o outro é o Ramayana) e na peça de Jean-Caude Carrière, que também foi encenada por Brook. É muito longo, mas cremos não ser tão longo como a versão original:

 Obrigado a Space And Intelligence e ao youtube

 

Leave a Reply