O ESTRANGULAMENTO DO FUNCIONAMENTO DA ADSE PELO GOVERNO (SEAP/MP/MF) QUE CENTRALIZA E ADIA DECISÕES, A AMEAÇA DA REDUÇÃO DOS REEMBOLSOS NO REGIME LIVRE, A DISSOCIAÇÃO DE ATOS E MÉDICOS NO REGIME CONVENCIONADO PELOS GRANDES PRESTADORES DIFICULTANDO O ACESSO DOS BENEFICÁRIOS A CUIDADOS DE SAÚDE, A PRESSÃO DOS GRANDES GRUPOS SAÚDE PARA AUMENTAR OS PREÇOS COM A JUSTIFICAÇÃO DA GUERRA E DAS SANÇÕES E A AMEAÇA DE MAIS DISSOCIAÇÕES DE ATOS E MÉDICOS NO REGIME CONVENCIONADO EM 2023 – por EUGÉNIO ROSA

 

 

INFORMAÇÃO AOS 1.300.000 BENEFICIÁRIOS DA ADSE E ÀQUELES QUE A QUEREM CONHECER

 

 

 

 

 

 

Eugénio Rosa – membro do Conselho Diretivo da ADSE eleito pelos representantes dos beneficiários                no CGS8-10-2022

Leave a Reply