Posts Tagged: luís vaz de camões

Música ao Romper da Aurora – Verdes São os Campos

“Verdes São os Campos” é uma canção com música de José Afonso e letra/poesia de Luís Vaz de Camões. Este tema faz parte do álbum “Traz Outro Amigo Também”.

Música ao Romper da Aurora – Verdes São os Campos

“Verdes São os Campos” é uma canção com música de José Afonso e letra/poesia de Luís Vaz de Camões. Este tema faz parte do álbum “Traz Outro Amigo Também”.

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA FAZ-NOS O BALANÇO do ENCONTRO IMAGINÁRIO nº 126, de 7 de Novembro de 2016, com LUÍS VAZ DE CAMÕES, ALEXANDRE DUMAS e GABRIELE D’ANNUNZIO

Balanço EI 126 – CAMÕES   ALEXANDRE DUMAS  D’ANNUNZIO BRILHANTE ! INESQUECÍVEL! São estas as palavras justas e moderadamente optimistas para falar do EI do dia 7 de Novembro. Luís Vaz de Camões, Alexandre Dumas, pai e Gabriele d’Annunzio tiveram a

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA FAZ-NOS O BALANÇO do ENCONTRO IMAGINÁRIO nº 126, de 7 de Novembro de 2016, com LUÍS VAZ DE CAMÕES, ALEXANDRE DUMAS e GABRIELE D’ANNUNZIO

Balanço EI 126 – CAMÕES   ALEXANDRE DUMAS  D’ANNUNZIO BRILHANTE ! INESQUECÍVEL! São estas as palavras justas e moderadamente optimistas para falar do EI do dia 7 de Novembro. Luís Vaz de Camões, Alexandre Dumas, pai e Gabriele d’Annunzio tiveram a

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (133)

O SOLSTÍCIO DE VERÃO O Solstício de Verão de 2016 (do latim sol + sistere, que não se mexe) ocorrerá a 20 de Junho, às 22h34. Esse momento marcará, oficialmente, o início do Verão. Os meses de Junho e de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (133)

O SOLSTÍCIO DE VERÃO O Solstício de Verão de 2016 (do latim sol + sistere, que não se mexe) ocorrerá a 20 de Junho, às 22h34. Esse momento marcará, oficialmente, o início do Verão. Os meses de Junho e de

CONTOS & CRÓNICAS – A reencarnação de Luís de Camões (ou o desacerto de uma parelha) – III – por Manuela Degerine

    Tradução do texto de Somerset Maugham, “The Narrow Corner”, ed. The Vanguard Library, Londres, 1955, pp. 141-143. “ Pensei que aqui houvesse tempo para dar, gastar e estragar”, disse o médico. “Não chega para o que eu quero.

CONTOS & CRÓNICAS – A reencarnação de Luís de Camões (ou o desacerto de uma parelha) – III – por Manuela Degerine

    Tradução do texto de Somerset Maugham, “The Narrow Corner”, ed. The Vanguard Library, Londres, 1955, pp. 141-143. “ Pensei que aqui houvesse tempo para dar, gastar e estragar”, disse o médico. “Não chega para o que eu quero.

Camões recitado e cantado (II) – 14– (Conclusão) – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 14– (Conclusão) – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 12 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 12 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 11 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 11 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 10 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 10 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 09 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 09 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 7 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 7 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 6 – por Álvaro José Ferreira

  Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir

Camões recitado e cantado (II) – 6 – por Álvaro José Ferreira

  Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir

Camões recitado e cantado (II) – 4 – por Álvaro José Ferreira

< Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir

Camões recitado e cantado (II) – 4 – por Álvaro José Ferreira

< Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir

Camões recitado e cantado (II) – 3 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 3 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 2 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os

Camões recitado e cantado (II) – 2 – por Álvaro José Ferreira

Retrato de Luís de Camões por Fernão Gomes, em cópia de Luís de Resende. Este é considerado o mais autêntico do retrato do poeta, cujo original, que se perdeu, foi pintado ainda em sua vida. Nota prévia: Para ouvir os