Posts Tagged: turismo

CARTA DE VENEZA – VENEZA PARA TODOS – por Vanessa Castagna

  Um estudo intitulado “Healthy Travel and Healthy Destinantions” – realizado pela Airbnb – acaba de confirmar que Veneza é neste momento a capital mundial do turismo de massa, com uma presença de turistas que a coloca à frente das

CARTA DE VENEZA – VENEZA PARA TODOS – por Vanessa Castagna

  Um estudo intitulado “Healthy Travel and Healthy Destinantions” – realizado pela Airbnb – acaba de confirmar que Veneza é neste momento a capital mundial do turismo de massa, com uma presença de turistas que a coloca à frente das

CARTA DE VENEZA – CIDADE COM TORNIQUETES – por Vanessa Castagna

Falava-se nisso há meses mas parecia ser apenas uma provocação. Por fim, aconteceu: Veneza dotou-se de torniquetes nos dois principais pontos de acesso ao centro histórico, em correspondência da estação de comboios de Venezia Santa Lucia (acesso a Strada Nuova)

CARTA DE VENEZA – CIDADE COM TORNIQUETES – por Vanessa Castagna

Falava-se nisso há meses mas parecia ser apenas uma provocação. Por fim, aconteceu: Veneza dotou-se de torniquetes nos dois principais pontos de acesso ao centro histórico, em correspondência da estação de comboios de Venezia Santa Lucia (acesso a Strada Nuova)

CARTA DE VENEZA – CRÓNICA DE UMA MORTE ANUNCIADA – por Vanessa Castagna

Foi em novembro do ano passado que a associação Venessia.com organizou uma manifestação denominada Venexodus para instar os responsáveis políticos a atuar medidas habitacionais eficazes. Nessa altura tocava-se o mínimo histórico de habitantes residentes no centro histórico da cidade: menos

CARTA DE VENEZA – CRÓNICA DE UMA MORTE ANUNCIADA – por Vanessa Castagna

Foi em novembro do ano passado que a associação Venessia.com organizou uma manifestação denominada Venexodus para instar os responsáveis políticos a atuar medidas habitacionais eficazes. Nessa altura tocava-se o mínimo histórico de habitantes residentes no centro histórico da cidade: menos

DIÁSPORA. LA PLAYA DE LAS CATEDRALES, por Moisés Cayetano Rosado

Nos acercamos a la Playa de las Catedrales, en el municipio de Ribadeo (Galicia), a pocos kilómetros al oeste de la población. Bueno, realmente, Playa de Aguas Santas, pero que popularmente ha ido tomando el anterior apelativo por las formaciones

DIÁSPORA. LA PLAYA DE LAS CATEDRALES, por Moisés Cayetano Rosado

Nos acercamos a la Playa de las Catedrales, en el municipio de Ribadeo (Galicia), a pocos kilómetros al oeste de la población. Bueno, realmente, Playa de Aguas Santas, pero que popularmente ha ido tomando el anterior apelativo por las formaciones

CARTA DE VENEZA – COMO RESPEITAR VENEZA – por Vanessa Castagna

Apesar do momentâneo abrandamento do turismo, determinado pelo fim da época de verão, mantém-se viva a consciência de que é necessária uma informação capaz de chegar até aos milhões de viajantes que visitam Veneza e sensibilizá-los para as suas especificidades.

CARTA DE VENEZA – COMO RESPEITAR VENEZA – por Vanessa Castagna

Apesar do momentâneo abrandamento do turismo, determinado pelo fim da época de verão, mantém-se viva a consciência de que é necessária uma informação capaz de chegar até aos milhões de viajantes que visitam Veneza e sensibilizá-los para as suas especificidades.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (200)

CHEGAMOS À 200ª CRÓNICA Fez há poucos dias quatro anos que começamos esta aventura de escrever e fotografar o Porto. Tive durante este período alguns momentos de exaltação e outros tantos de desânimo. Exaltação porque escrevia e fotografava e mostrava

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (200)

CHEGAMOS À 200ª CRÓNICA Fez há poucos dias quatro anos que começamos esta aventura de escrever e fotografar o Porto. Tive durante este período alguns momentos de exaltação e outros tantos de desânimo. Exaltação porque escrevia e fotografava e mostrava

CARTA DE VENEZA – VENEZA, COM GENTILEZA – por Vanessa Castagna

Como o verão começou e a situação está mesmo escaldante, com a cidade abarrotada para além dos limites, vale a pena informar que finalmente vão ser tomadas medidas e que de forma sistemática se passará a aplicar coimas a quem

CARTA DE VENEZA – VENEZA, COM GENTILEZA – por Vanessa Castagna

Como o verão começou e a situação está mesmo escaldante, com a cidade abarrotada para além dos limites, vale a pena informar que finalmente vão ser tomadas medidas e que de forma sistemática se passará a aplicar coimas a quem

CARTA DE VENEZA – ÊXODOS MODERNOS – por Vanessa Castagna

O aproximar-se do verão tem acentuado o mal-estar geral perante fluxos turísticos cada vez menos sustentáveis e, ao mesmo tempo, considerados indispensáveis para a sobrevivência económica de Veneza. Neste paradoxo, o suposto remédio parece antes um sorrateiro veneno que vai

CARTA DE VENEZA – ÊXODOS MODERNOS – por Vanessa Castagna

O aproximar-se do verão tem acentuado o mal-estar geral perante fluxos turísticos cada vez menos sustentáveis e, ao mesmo tempo, considerados indispensáveis para a sobrevivência económica de Veneza. Neste paradoxo, o suposto remédio parece antes um sorrateiro veneno que vai

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – ALFAMA

      “Vão-se embora pra morrer mais cedo”. Quem o dizia era uma velha senhora, antiga e revoltada habitante de Alfama, ontem, num programa da TSF. Referia-se ao fenómeno que acontece em Alfama onde uma percentagem de moradores antigos,

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – ALFAMA

      “Vão-se embora pra morrer mais cedo”. Quem o dizia era uma velha senhora, antiga e revoltada habitante de Alfama, ontem, num programa da TSF. Referia-se ao fenómeno que acontece em Alfama onde uma percentagem de moradores antigos,

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – TURISMO

  Como pode haver algum Governo em quem a gente vote e confie, que autorize (ajude, propicie, contemple, permita) coisas destas? Para quê votar – pergunta uma data de gente, essencialmente a que se permite ser pobre e viver há

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – TURISMO

  Como pode haver algum Governo em quem a gente vote e confie, que autorize (ajude, propicie, contemple, permita) coisas destas? Para quê votar – pergunta uma data de gente, essencialmente a que se permite ser pobre e viver há

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (165)

Espaldão da Ervilha / Espaldão Militar / Reduto Militar / Forte da Ervilha Convém começar por explicar o que é um espaldão. Em arquitectura militar, um espaldão é um anteparo de uma trincheira ou fortificação, que serve para proteger a

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (165)

Espaldão da Ervilha / Espaldão Militar / Reduto Militar / Forte da Ervilha Convém começar por explicar o que é um espaldão. Em arquitectura militar, um espaldão é um anteparo de uma trincheira ou fortificação, que serve para proteger a

DIÁSPORA. PARÍS LUMINOSA, por Moisés Cayetano Rosado

París estaba como siempre. Magnífica y llena, luminosa y festiva, variada, rica, bullendo de personas y colores. Puntual en sus transportes colectivos, que milimetran el espacio y te llevan a cualquier lugar, apenas caminando por los pasadizos subterráneos, apareciendo sorprendidos

DIÁSPORA. PARÍS LUMINOSA, por Moisés Cayetano Rosado

París estaba como siempre. Magnífica y llena, luminosa y festiva, variada, rica, bullendo de personas y colores. Puntual en sus transportes colectivos, que milimetran el espacio y te llevan a cualquier lugar, apenas caminando por los pasadizos subterráneos, apareciendo sorprendidos

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (149)

            Porto Welcome Center é a maior loja de turismo do Mundo   PASSAPORTE PORTO  

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (149)

            Porto Welcome Center é a maior loja de turismo do Mundo   PASSAPORTE PORTO  

CARTA DE VENEZA – QUEM PRECISA DE REGRAS? – por Vanessa Castagna

    É destes dias a notícia de que a ilha tailandesa de Koh Tachai, com uma capacidade natural para cerca de 70 pessoas mas diariamente invadida por mais de 1.000, vai fechar portas ao turismo de massas que está

CARTA DE VENEZA – QUEM PRECISA DE REGRAS? – por Vanessa Castagna

    É destes dias a notícia de que a ilha tailandesa de Koh Tachai, com uma capacidade natural para cerca de 70 pessoas mas diariamente invadida por mais de 1.000, vai fechar portas ao turismo de massas que está