Posts Tagged: sustentabilidade

CARTA DE BARCELONA – Despropòsits i propòsits d’un món mal encarrilat – por JOSEP A. VIDAL

    Probablement n’hi ha prou amb l’evidència per constatar la incapacitat de les institucions polítiques, de qualsevol abast, nacional o internacional, i en qualsevol terreny pràctic, ideològic o axiològic, per fer cara amb solvència als reptes que, en el

CARTA DE BARCELONA – Despropòsits i propòsits d’un món mal encarrilat – por JOSEP A. VIDAL

    Probablement n’hi ha prou amb l’evidència per constatar la incapacitat de les institucions polítiques, de qualsevol abast, nacional o internacional, i en qualsevol terreny pràctic, ideològic o axiològic, per fer cara amb solvència als reptes que, en el

INFORMAÇÃO 6/2019 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – A SUSTENTABILIDADE DA ADSE E A AUDITORIA DO TRIBUNAL DE CONTAS – por EUGÉNIO ROSA

https://www.tcontas.pt/pt-pt/ProdutosTC/Relatorios/RelatoriosAuditoria/Documents/2019/rel022-2019-2s.pdf “A ADSE É VIÁVEL, DESDE QUE OS ATUAIS RESPONSÁVEIS PELA SUA CONTINUIDADE, CONSELHO DIRETIVO E MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DE SAÚDE, ADOTEM MEDIDAS” afirma o Tribunal de Contas A DESPESA NA ADSE JÁ NÃO ESTÁ A CRESCER A 8%

INFORMAÇÃO 6/2019 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – A SUSTENTABILIDADE DA ADSE E A AUDITORIA DO TRIBUNAL DE CONTAS – por EUGÉNIO ROSA

https://www.tcontas.pt/pt-pt/ProdutosTC/Relatorios/RelatoriosAuditoria/Documents/2019/rel022-2019-2s.pdf “A ADSE É VIÁVEL, DESDE QUE OS ATUAIS RESPONSÁVEIS PELA SUA CONTINUIDADE, CONSELHO DIRETIVO E MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DE SAÚDE, ADOTEM MEDIDAS” afirma o Tribunal de Contas A DESPESA NA ADSE JÁ NÃO ESTÁ A CRESCER A 8%

A SUSTENTABILIDADE DA SEGURANÇA SOCIAL SEGUNDO ANTÓNIO COSTA ESTÁ PIOR DO QUE EM 2008 E 2012, E RESPOSTAS A 4 PERGUNTAS FEITAS POR TRABALHADORES SOBRE A SEGURANÇA SOCIAL E A CGA – por EUGÉNIO ROSA

A SUSTENTABILIDADE DA SEGURANÇA SOCIAL SEGUNDO ANTÓNIO COSTA, E A EM 2008 E 2012 A PENSÃO MÉDIA CONTINUA MUITO BAIXA EM PORTUGAL, PRÓXIMA DO IAS (435,76€) Quadro 1 – Valor das pensões de velhice (total e novas) em Portugal –

A SUSTENTABILIDADE DA SEGURANÇA SOCIAL SEGUNDO ANTÓNIO COSTA ESTÁ PIOR DO QUE EM 2008 E 2012, E RESPOSTAS A 4 PERGUNTAS FEITAS POR TRABALHADORES SOBRE A SEGURANÇA SOCIAL E A CGA – por EUGÉNIO ROSA

A SUSTENTABILIDADE DA SEGURANÇA SOCIAL SEGUNDO ANTÓNIO COSTA, E A EM 2008 E 2012 A PENSÃO MÉDIA CONTINUA MUITO BAIXA EM PORTUGAL, PRÓXIMA DO IAS (435,76€) Quadro 1 – Valor das pensões de velhice (total e novas) em Portugal –

É URGENTE QUE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA E O GOVERNO DEBATAM A SITUAÇÃO DIFÍCIL DOS PROFISSIONAIS DO SNS SE QUISEREM EVITAR A DESTRUIÇÃO DO SNS – por EUGÉNIO ROSA

OS ENCARGOS ATUAIS COM PESSOAL NO SNS CONTINUAM A SER INFERIORES AOS DE 2010 A REDUÇÃO DA REMUNERAÇÃO BASE MÉDIA REAL DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE ENTRE 2010 E 2019 FOI MAIOR DEVIDO AOS ENORMES AUMENTOS DO IRS E DA ADSE,

É URGENTE QUE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA E O GOVERNO DEBATAM A SITUAÇÃO DIFÍCIL DOS PROFISSIONAIS DO SNS SE QUISEREM EVITAR A DESTRUIÇÃO DO SNS – por EUGÉNIO ROSA

OS ENCARGOS ATUAIS COM PESSOAL NO SNS CONTINUAM A SER INFERIORES AOS DE 2010 A REDUÇÃO DA REMUNERAÇÃO BASE MÉDIA REAL DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE ENTRE 2010 E 2019 FOI MAIOR DEVIDO AOS ENORMES AUMENTOS DO IRS E DA ADSE,

INFORMAÇÃO 4/2019 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – NÃO É VERDADE QUE A “ADSE ABATE 13 MILHÕES À DIVIDA DOS HOSPITAIS PRIVADOS” COMO DIVULGOU O “PÚBLICO” EM 24 DE MAIO DE 2019 – por EUGÉNIO ROSA

O CONSELHO DIRETIVO DA ADSE NÃO ABATEU NEM PERDOOU 13 MILHÕES € DAS DÍVIDAS DOS HOSPITAIS PRIVADOS OS DESCONTOS E OS CUSTOS COM OS REGIMES CONVENCIONADO E LIVRE EM 2018 O SALDO EM DINHEIRO ATINGIA 582 MILHÕES € MAS DÍVIDAS

INFORMAÇÃO 4/2019 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – NÃO É VERDADE QUE A “ADSE ABATE 13 MILHÕES À DIVIDA DOS HOSPITAIS PRIVADOS” COMO DIVULGOU O “PÚBLICO” EM 24 DE MAIO DE 2019 – por EUGÉNIO ROSA

O CONSELHO DIRETIVO DA ADSE NÃO ABATEU NEM PERDOOU 13 MILHÕES € DAS DÍVIDAS DOS HOSPITAIS PRIVADOS OS DESCONTOS E OS CUSTOS COM OS REGIMES CONVENCIONADO E LIVRE EM 2018 O SALDO EM DINHEIRO ATINGIA 582 MILHÕES € MAS DÍVIDAS

A POLÍTICA DA HIPOCRISIA: O STATUS QUO É O PROBLEMA, MAS NÃO SE LHE PODE TOCAR , por CHARLES HUGH SMITH

Selecção, tradução e montagem de Júlio Marques Mota A política da hipocrisia: o status quo é o problema, mas não se lhe pode tocar   Charles Hugh Smith, The Politics of Pretense: The Status Quo Is the Problem + How Systems Collapse

A POLÍTICA DA HIPOCRISIA: O STATUS QUO É O PROBLEMA, MAS NÃO SE LHE PODE TOCAR , por CHARLES HUGH SMITH

Selecção, tradução e montagem de Júlio Marques Mota A política da hipocrisia: o status quo é o problema, mas não se lhe pode tocar   Charles Hugh Smith, The Politics of Pretense: The Status Quo Is the Problem + How Systems Collapse

CARTA DE VENEZA – VENEZA PARA TODOS – por Vanessa Castagna

  Um estudo intitulado “Healthy Travel and Healthy Destinantions” – realizado pela Airbnb – acaba de confirmar que Veneza é neste momento a capital mundial do turismo de massa, com uma presença de turistas que a coloca à frente das

CARTA DE VENEZA – VENEZA PARA TODOS – por Vanessa Castagna

  Um estudo intitulado “Healthy Travel and Healthy Destinantions” – realizado pela Airbnb – acaba de confirmar que Veneza é neste momento a capital mundial do turismo de massa, com uma presença de turistas que a coloca à frente das

O RISCO DE DESEQUILÍBRIO FINANCEIRO NA ADSE E O VOGAL PARA O CONSELHO DIRETIVO ELEITO PELOS BENEFICIÁRIOS QUE NÃO É DO AGRADO DOS GRANDES GRUPOS ECONÓMICOS PRIVADOS DE SAÚDE – INFORMAÇÃO 3/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – por EUGÉNIO ROSA

O RISCO DE DESEQUILÍBRIO FINANCEIRO NA ADSE E O VOGAL PARA O CONSELHO DIRETIVO ELEITO PELOS BENEFICIÁRIOS QUE NÃO É DO AGRADO DOS GRANDES GRUPOS ECONÓMICOS PRIVADOS DE SAÚDE INFORMAÇÃO 3/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE   A SITUAÇÃO DA ADSE

O RISCO DE DESEQUILÍBRIO FINANCEIRO NA ADSE E O VOGAL PARA O CONSELHO DIRETIVO ELEITO PELOS BENEFICIÁRIOS QUE NÃO É DO AGRADO DOS GRANDES GRUPOS ECONÓMICOS PRIVADOS DE SAÚDE – INFORMAÇÃO 3/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – por EUGÉNIO ROSA

O RISCO DE DESEQUILÍBRIO FINANCEIRO NA ADSE E O VOGAL PARA O CONSELHO DIRETIVO ELEITO PELOS BENEFICIÁRIOS QUE NÃO É DO AGRADO DOS GRANDES GRUPOS ECONÓMICOS PRIVADOS DE SAÚDE INFORMAÇÃO 3/2018 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE   A SITUAÇÃO DA ADSE

CARTA DE VENEZA – CIDADE COM TORNIQUETES – por Vanessa Castagna

Falava-se nisso há meses mas parecia ser apenas uma provocação. Por fim, aconteceu: Veneza dotou-se de torniquetes nos dois principais pontos de acesso ao centro histórico, em correspondência da estação de comboios de Venezia Santa Lucia (acesso a Strada Nuova)

CARTA DE VENEZA – CIDADE COM TORNIQUETES – por Vanessa Castagna

Falava-se nisso há meses mas parecia ser apenas uma provocação. Por fim, aconteceu: Veneza dotou-se de torniquetes nos dois principais pontos de acesso ao centro histórico, em correspondência da estação de comboios de Venezia Santa Lucia (acesso a Strada Nuova)

CARTA DE VENEZA – VENEZA E A FILOSOFIA SLOW FOOD – por Vanessa Castagna

    Entre 2017 e 2020 a cidade de Veneza participa num programa europeu que conjuga os temas da cultura, do património gastronómico e da identidade, sob a coordenação da associação internacional Slow Food e contando com o financiamento do

CARTA DE VENEZA – VENEZA E A FILOSOFIA SLOW FOOD – por Vanessa Castagna

    Entre 2017 e 2020 a cidade de Veneza participa num programa europeu que conjuga os temas da cultura, do património gastronómico e da identidade, sob a coordenação da associação internacional Slow Food e contando com o financiamento do

EDITORIAL – UM PAÍS (POUCO) SEGURO. UM ESTADO FRACO – por João Machado

Dantes, no nosso país, quando falávamos em segurança, referíamo-nos sobretudo a casos susceptíveis de cair imediatamente sob as competências da polícia. Hoje em dia, cada vez mais, apercebemo-nos de que ocorrem constantemente situações que põem em risco cidadãs/cidadãos na sua

EDITORIAL – UM PAÍS (POUCO) SEGURO. UM ESTADO FRACO – por João Machado

Dantes, no nosso país, quando falávamos em segurança, referíamo-nos sobretudo a casos susceptíveis de cair imediatamente sob as competências da polícia. Hoje em dia, cada vez mais, apercebemo-nos de que ocorrem constantemente situações que põem em risco cidadãs/cidadãos na sua

INFORMAÇÃO 3/2018 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO SOBRE A ASSEMBLEIA REALIZADA EM 28-3-2018 EM QUE PARTICIPARAM APENAS 468 DOS 625.419 ASSOCIADOS – por EUGÉNIO ROSA

  A SITUAÇÃO DIFÍCIL EM QUE A ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA SE ENCONTRA E A NECESSIDADE DE FALAR VERDADE AOS ASSOCIADOS A SITUAÇÃO DIFÍCIL DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA NÃO SE RESOLVE COM A PERDA DA ISENÇÃO DE IRC, QUE ATÉ VAI AGRAVAR A

INFORMAÇÃO 3/2018 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO SOBRE A ASSEMBLEIA REALIZADA EM 28-3-2018 EM QUE PARTICIPARAM APENAS 468 DOS 625.419 ASSOCIADOS – por EUGÉNIO ROSA

  A SITUAÇÃO DIFÍCIL EM QUE A ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA SE ENCONTRA E A NECESSIDADE DE FALAR VERDADE AOS ASSOCIADOS A SITUAÇÃO DIFÍCIL DA ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA NÃO SE RESOLVE COM A PERDA DA ISENÇÃO DE IRC, QUE ATÉ VAI AGRAVAR A

PORQUE É QUE AS REDES SOCIAIS ESTÃO A DAR CABO DA DEMOCRACIA, por UMAIR HAQUE

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Porque é que as redes sociais estão a dar cabo da Democracia Três lições acerca do último fiasco de Facebook   Why Social Media is Blowing Up Democracy – Three Lessons From

PORQUE É QUE AS REDES SOCIAIS ESTÃO A DAR CABO DA DEMOCRACIA, por UMAIR HAQUE

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Porque é que as redes sociais estão a dar cabo da Democracia Três lições acerca do último fiasco de Facebook   Why Social Media is Blowing Up Democracy – Three Lessons From