Pentacórdio para Quarta-feira, 1 de Maio

por Rui Oliveira

 

 

 

   Nesta Quarta-feira, 1 de Maio, feriado consagrado ao Dia do Trabalhador, a generalidade das salas públicas tradicionais não proporciona qualquer acontecimento culturalmente válido. É necessário procurar nos pequenos espaços de aficionados para encontrar algo que aqueça os espíritos, e mesmo assim …

 

 

   Quem for neste dito feriado ao Hot Clube de Portugal (Praça da Alegria, nº 48), poderá então ouvir, às 22h30, o conjunto “Guillermo Klein & Os Campinos”.

 guillermo-klein ++  Guillermo Klein é um pianista de jazz argentino formado em Boston no Berklee College of Music que mais tarde se transferiu para Nova Iorque, actuando no Smalls, no Jazz Standard, no Village Vanguard e outros grandes clubes de jazz.

   Constituira entretanto com dez elementos o conjunto “Los Guachos” com quem foi gravando álbuns, desde 1999 com a editora Sunnyside, do último dos quais “Carrera” (2012) retirámos o tema “Arte Sano” que lhe mostramos em baixo.

   [ Se o leitor quiser “ver” a actuação destes músicos no tema “Richard” em Barcelona já em 2004, clique sff aquihttp://youtu.be/S3DqdZWCTxY  ]

   Em Portugal, ao lote de excelentes músicos de jazz que o apoia foi dado o nome de “Os Campinos” (réplica de “Los Guachos” ?), pelo que no palco nessa noite estarão :

   Guillermo Kleinpiano, voz, composição; Gonçalo Marques trompete; João Capinhasaxofone e flauta; José Pedro Coelhosaxofone tenor; Luís Cunhatrombone; André Fernandesguitarra; Demian Cabaudcontrabaixo e Marcos Cavaleirobateria.

 

 

 

 

   Quem mais “rockeiro” procure a Galeria Zé dos Bois (ZDB), às 22h, terá a oportunidade de ouvir a estreia em Portugal  dos “Endless Boogie”, uma velha (de quinze anos) banda rock norte-americana.

endless boogie ++   A esse reviver do rock sem parecer retro, responde (perguntando) a ZDB : «Como lhe acrescentar algum mistério sem soar diletante? … Os “Endless Boogie” sabem como ou pelo menos descobriam uma forma de o fazer. O método é simples e assinala um dom raro: intensificar com a ferocidade e altivez as formas que marcaram a história do rock: acordes simples, temas longos, solos, batidas robustas e elegantes. Enfim, musica eriçada em torno do culto da guitarra … Acontece que os “Endless Boogie”, liderados pelo xamã Paul Major e agora com a colaboração de fabuloso Matt Sweeney, são imunes a qualquer troça ou insinuação menos séria. Dignos artesãos do rock que adoram, com convicção, o que fazem …».

   É este o vídeo duma sua actuação em Fevereiro de 2013 na “Union Pool” que a ZDB divulga, muito provavelmente do seu último álbum “Long Island” (2012) :

 

 

   Antes (ou depois) sobe ao palco a entidade dupla “Asimov”, constituída desde há nos pelo músico de rock português Carlos Ferreira em duo com João Arsénio, cujo álbum “Overseas” está “prestes a rebentar”. Segundo a ZDB, é um «power duo assente no fuzz incandescente da guitarra e no stomp imparável da bateria, sobre as quais se eleva uma voz ao abandono…».

   Este é o seu registo no “Bacalhoeiro” em Fevereiro de 2013 :

 

 

 

 

(para as razões desta nova forma de Agenda ler aqui ; consultar a agenda de Segunda aqui)

 

 

 

 

1 Comment

Leave a Reply