FALEMOS DA POLÍTICA ECONÓMICA ACTUAL, FALEMOS ENTÃO DE PUTAS – por JÚLIO MARQUES MOTA

Falemos da política económica actual, falemos então de putas.

(CONTINUAÇÃO)

Parte VII

E, sem me querer alongar mais, quando se anda a destruir o futuro de milhões de jovens, em que muitos deles já perderam a esperança de uma vida digna no país onde foram criados, quando temos milhões de jovens a deambularem por esta Europa à procura de trabalho num mercado de trabalho onde vale tudo até anúncios de salário ZERO, e que a isso são convidados pelos seus respectivos governos, quando olhamos para gráficos como o que colocamos abaixo, não será de dizer que os verdadeiros “salauds” e “salopes” são aqueles que com as suas opções de política económica e social, com as suas decisões nestas matérias, conduziram a Europa a esta tão dura realidade?

Falemos... XIV

Como alguém me escrevia há dias : “ faço votos de que venha a ter tudo o que de melhor lhe seja possível nesses períodos de austeridade inútil. É assustador pensar que apenas uma seita de pessoas supostamente inteligentes [materializada na Troika] pode infligir e impor sobre os seus compatriotas um situação tão estúpida, geradora de tanta infelicidade e tensão social.” Pode-se pensar numa seita de fanáticos pela austeridade para os outros, pode-se, mas é sobretudo, a este nível, todo um modelo que está em ruinas e que querem manter de pé nem que seja à custa da destruição consciente ou inconsciente da Europa mas sempre com o argumento de que a querem salvar.

Coimbra, 8 de Novembro de 2013.

Júlio Marques Mota

______

Para ler a Parte VI deste texto de Júlio Marques Mota, publicada ontem em A Viagem dos Argonautas, vá a:

http://aviagemdosargonautas.net/2013/11/16/falemos-da-politica-economica-actual-falemos-entao-de-putas-por-julio-marques-mota-6/

______

Amanhã vamos publicar Prostituição: alto ao triunfo da proibição!, de Frédéric Beigbeder, na sequência deste texto de Júlio Marques Mota.

1 Comment

Leave a Reply