EM FEVEREIRO, PROSSEGUIMOS COM A PUBLICAÇÃO DIÁRIA DE CONTOS E DE CRÓNICAS

contos2 (2)

EvaFevereiro é um mês feito à medida desta rubrica – cada um dos sete contistas publica quatro textos – 4X7 =28 – 28 dias, aqueles que Fevereiro tem – mas há novidades na constituição da equipa, dos sete que vêm de Janeiro, há dois que descansam e que, eventualmente, regressarão quando tiverem refeito a provisão de contos curtos, com as características que a rubrica  exige. O nosso amigo António Sales e o bem humorado Sérgio Madeira não entram no “time” do próximo mês. São substituídos por dois ilustres membros fundadores do blogue – Eva Cruz e Sílvio Castro. Foram já oportunamente apresentados, mas lembramos os dados essenciais das suas biografias –

Eva Cruz é licenciada em Filologia Germânica pela Universidade de Coimbra, fez formação em Portugal, na Alemanha eImagem3 na Suíça . Foi professora do Liceu durante trinta e seis anos. No Ensino, ocupou cargos de direcção e cargos pedagógicos. Esteve ligada à formação de professores durante doze anos e foi dirigente sindical. Escreveu para jornais e publicou em 2004 o seu primeiro livro Era uma vez Future Kids, em 2006 saiu a público o seu segundo livro Aurora Adormecida,  em 2010, Era uma vez em Outubro.  Em 2012 lançou um romance, Corconte.

Sílvio Castro, que vemos à esquerda com Jorge Amado e Zélia Gattai. é professor de Literaturas de Língua Portuguesa na Universidade de Pádua. Publicámos já alguns dos seus livros, nomeadamente a sua obra mais emblemática – Memorial do Paraíso. Sobre os contos que, de sua autoria, vamos publicar no mês de Fevereiro, parece-nos esclarecedora a epígrafe que antecede o conjunto de sonhos numerados. E que nos diz: Tudo ocorre como num sonho, mas de claras realidades.   Os sonhos criam signos que aparecem e desaparecem como o agir de uma sintaxe – narração fugaz – que, mais além do formal, se estrutura no sentido da lógica absoluta, resultante da própria síntese visiva. E diz mais. Mas por ora, ficamos por aqui.

Voltaremos a falar dos autores de Fevereiro e em especial destes dois escritores.

Leave a Reply