NOVO FILME BASEADO NUM ROMANCE DE JOSÉ SARAMAGO por Clara Castilho

Trata-se do romance “O Homem Duplicado”, publicado em 2002. Despertou a atenção de Javier Gullón que escreveu o argumento e do realizador canadiano Denis Villeneuve. É uma coprodução hispano-canadiana, produzida por Niv Fichman, que também produziu “Blindness”, o primeiro filme adaptado de uma obra de Saramago. Estreia em Portugal dia 19.

O Homem Duplicado

O filme tem o título de Enemy. Nas palavras do realizador, este filme é uma homenagem ao “maestro” Saramago. A personagem principal, o professor Tertuliano é interpretada pelo actor Jake Gyllenhaal.

No site “Observatório da Língua Portuguesa”, e num artigo da Lusa, a propósito da exibição do filme em Madrid, encontrámos algumas informações que nos pareceram interessantes.  Por exemplo que o projecto do filme estava a ser construído antes de José Saramago ter falecido. Tinha preparado uma lista de perguntas que o escritor “nunca chegou a ler”.

Guillón contou: Não queríamos contar apenas o argumento. O homem duplicado é mais profundo e gerou sensações de angústia, de vertigem, de sensualidade”, explicou Gullón, em conversa com a Lusa.

“O nosso objetivo [argumentista e realizador] era alcançar as emoções que o livro nos tinha gerado e não tanto o livro em si. Por isso o desenvolvimento foi muito divertido. Porque seguimos muito mais as emoções e sensações do que, fielmente, o texto”, comentou.

Pilar del Rio, a propósito, informou que Saramago dissera que a única condição imposta seria de que o filme “fosse uma adaptação totalmente livre” do livro.

O filme foi este ano o principal vencedor dos prémios canadianos do ecrã, conquistando cinco das dez categorias em que estava nomeado, incluindo melhor realização, melhor montagem, melhor cinematografia, melhor música e melhor atriz secundária, Sarah Gadon.

 

 

 

Leave a Reply