UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (46)

CARTA DO PORTO

Alex, do Blogue TOP CRUSH

Nas minhas andanças pela Internet, na procura quase constante de novas ideias ou simples escritas sobre o Porto, dei de caras com um texto que traduzia o que o The New York Times dissera sobre o Porto.
Alexandra, assim se chama a autora do blogue onde encontrei este texto, falava das suas experiências nas várias vindas à nossa cidade, que lhe permitiram partilhar os dez conselhos do NYT, com os seus “Fellow Americans”, no sentido de os ajudar a melhor apreciarem o Porto, quando cá viessem, visita que aconselhava vivamente.
Às vezes, é pela voz dos de fora, ou dos que estão fora do nosso País, muitas vezes ditas de uma forma muito engraçada, que melhor compreendemos o que cá dentro temos.
Sem mais, e ficando-me por aqui, nesta semana que já “cheira” a férias, deixo-vos a tradução das DEZ COISAS QUE SÓ A CIDADE DO PORTO VOS PODE ENSINAR, encontradas no blogue Top Crush, com a devida vénia.

1. Aprende a maneira certa de comer uma Francesinha e faz-te homem.
A Francesinha é um prato tradicional composto por um grande bife metido entre duas grandes fatias de pão caseiro, um ovo, molho, tudo envolvido em queijo derretido. O teu coração baterá muito depressa, e se não desmaiares ficarás bem, continua a comer. Delicioso.
2. Como aguentar a água fria na praia.
É verdade, temos sol, céu azul e temos praias fantásticas que te deixarão doido, sim, a água é tão fria que fará com que o teu pelo do peito cresça 5 cms. Bem-vindo ao Atlântico!
3. As mulheres do Porto sabem como se defenderem sozinhas.
O Porto tem mulheres lindas que conseguem cheirar o medo. Quando falares com uma sê, acima de tudo, educado, ou… poderás levar uma estalada.
4. Domina a arte de sobreviver.
Após ter passado mais algum tempo na cidade, vais descobrir que as pessoas daqui têm uma capacidade: não importa o quão difícil é a situação em que se está, de uma forma ou de outra, elas sabem que sobrevivem.
5. Existe uma forma de fazer com que os pedintes não te incomodem.
O Porto é uma cidade pequena, mais cedo ou mais tarde, vais descobrir que os pedintes se conhecem uns aos outros e normalmente trabalham juntos e, ainda melhor, têm um chefe. Assim que consigas descobrir quem este é, faz-te amigo dele, compra-lhe um cachorro quente e nunca mais serás incomodado.
6. Cachorros quentes (com bata frita e todos os molhos conhecidos pelo Homem) são a melhor coisa para comer às 3:00 da manhã.
Senta-te em qualquer sítio e devora-o.
7. As pessoas irão abordar-te, lida com isso.
As pessoas do Porto são especiais, elas só te querem conhecer e conhecerão, sem timidez ou estranheza, aproximam-se de ti por um número de razões idiotas. Isto é: elas gostam de conhecer gente nova. Não tenhas medo, sê simpático.
8. O Sul é terra de ninguém.
Diz não a todas as coisas para lá do Rio Douro. Sim, não são fixes. Lisboa? Onde fica? Tu nunca ouviste falar disso.
9. O Nome é Porto, não Oporto.
O teu nome é Peter, não Opeter.
O teu nome é Rita, não Orita. Entendeste?
10. Aqui, nunca há um momento de tédio.
As pessoas ficam entediadas em qualquer lugar, menos aqui. Existe sempre algum sítio para estar, alguma coisa para fazer e alguém para ver.
Portanto, vem ao Porto, fica apaixonado e nunca vás embora. O Porto tem a capacidade de roubar os corações das pessoas e raramente os devolver.
O vosso TopCrusher Alex.

Tenham, meus amigos, umas excelentes férias, preferencialmente na minha cidade, aqui, no Porto.
As minhas vão ser passadas cá dentro. Há ainda muitas coisas para eu descobrir. Ora vejam!

218-Rabelos-U-fb-1000x 230-Ponte-Maria-Pia-U-fp-1000x 238-Luz-da-Foz--Porto-U-fp-1000x SONY DSC 270 Bancos de Pedra - Castelo do Queijo - Porto U fp 1000x DSC05331-1000x DSC05501-1000x DSC07851-A-1000x DSC07853-1000x DSC07882-1000x

.

About José Magalhães

Escrevo e fotografo pelo imenso prazer que daí tiro

7 comments

  1. Pingback: UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (46) | joanvergall

  2. Um convite espectacular ,bem tentador .
    Quando se ama o chão das origens ,o enlevo não pára .
    Maria

    Gostar

  3. jose macedo

    É sempre um prazer ler as tuas “crónicas”. Umas boas férias e até breve!!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: