FESTIVAL “TODOS – CAMINHADA DE CULTURAS”, HOJE, EM LISBOA CINCO INICIATIVAS por Clara Castilho

images

É um festival que acontece de novo, numa sexta edição,  em São Bento, Poço dos Negros e Santa Catarina. Através do seu programa intercultural e multidisciplinar, o TODOS celebra desta vez a democracia portuguesa, 40 anos depois do 25 de Abril. Porque o POVO de Lisboa é feito de muitos povos.

COPO D’ÁGUA

É uma Cerimónia Única com Gastronomias do Mundo, Teatro e Orquestra TODOS. Das 18h00 às 23h00, nos Recreios do Liceu Passos Manuel e na Travessa do Convento de Jesus.

PALAVRAS AO POVO: A CARTA

 Às 17h00, no Jardim do Palácio de São Bento (R. de São Bento, em frente ao Mercado).

copo d'agua

KOHLHAAS: FALAR DE DEMOCRACIA

Na Assembleia da República, hoje, entre as 17h00 e 18h30 (repete no dia 15 de setembro), na Sala do Senado.

Um homem sentado numa cadeira. Um ator que com o corpo conta a relação do homem com a justiça. Marco Baliani já representou este clássico (Kohlhaas, de Heinrich von Kleist) mais de mil vezes um pouco por todo o mundo.
Baliani fala da democracia, da justiça, da Lei, do indivíduo e de uma ideia da história. Fala sobre a justiça e sobre o espaço do indivíduo na casa da democracia.

 CANTAR CREDOS EM CORAÇÕES AO ALTO

É uma criação de Margarida Mestre, hoje, às 16h00, na Igreja de Santa Catarina, Calçada do Combro, 82.

Margarida Mestre recolheu sons religiosos de diversos credos, seleccionou-os e disponibilizou-os aos membros do coro que já começou a orientar. As reacções têm sido de quase levitação. Talvez os exercícios de voz, de respiração, o torvelinho que estes provocam nos sentidos, aliados aos efeitos dos sons no corpo justifiquem estas reacções. Estes sinais são um conjunto de fortes promessas para a atuação do dia 14 (16h00) na Igreja de Santa Catarina. Uma experiência sensorial, artística, musical, mas também espiritual, em que se cruzam sons de vários credos.

 BOLLYWOOD MASALA:LUZ E COR

No parque de estacionamento da EDP, em frente ao nº 36 da Rua D. Luís I.

Das célebres canções de Bollywood à música espiritual clássica indiana, vinte músicos ciganos transportam-nos  numa viagem extraordinária viagem pelo norte da Índia do Rajestão a Mumbai.

 

Leave a Reply