A NOSSA RÁDIO – CELEBRANDO CARLOS PAREDES – 11 – por Álvaro José Ferreira

Imagem2

Nota prévia:
Para ouvir as músicas e as canções, há que aceder à página

http://nossaradio.blogspot.com/2014/07/celebrando-carlos-paredes.html

e clicar nos respectivos “play áudio/vídeo”.

Canção

Música: Carlos Paredes
Intérprete: Carlos Paredes* (in LP “Movimento Perpétuo”, Columbia/VC, 1971, 1983, reed. EMI-VC, 1988, 1998, Valentim de Carvalho/Som Livre, 2007; Livro/4CD “O Mundo Segundo Carlos Paredes: Integral 1958-1993”: CD3 – “Danças”, EMI-VC, 2003)

(instrumental)

* Carlos Paredes – guitarra portuguesa
Fernando Alvim – viola
Gravado nos Estúdios Valentim de Carvalho, Paço d’Arcos, em Agosto de 1971
Engenheiro de som – Hugo Ribeiro
Remasterização – Paulo Jorge Ferreira

Tim-Tim por Tim-Tim

Poema: Vasco Graça Moura (in “Mais Fados & Companhia”, Lisboa: Público, 2004 – págs. 86-87; “Poesia 2001/2005”, Lisboa: Quetzal Editores, 2006 – págs. 102-103)
Música: Carlos Paredes (“Canção”, in LP “Movimento Perpétuo”, Columbia/VC, 1971, reed. EMI-VC, 1988, 1998, Valentim de Carvalho/Som Livre, 2007)
Intérprete: Mísia* (in CD “Canto”, Warner Jazz France, 2003)

Do rio ao mar
verde cor
branca espuma vã

não vás cuidar
minha flor
na luz de amanhã

hoje é sem par
e o sol-pôr
tem na lua a irmã

vai devagar
meu amor
feito de hortelã

como dizer
destas nuvens na sede?

como entender
o princípio e o fim?

nesta espiral
do viver
dentro da canção

há um sinal
a bater
só no coração

sangue fatal
a correr
para a solidão

e é musical
a doer
entre o sim e o não

como dizer
entre o não e o sim?

como entender
o princípio e o fim
postos dentro de mim?

postos dentro de mim
e tim-tim por tim-tim?

do rio ao mar
verde cor
branca espuma vã

não vás cuidar
minha flor
na luz de amanhã

hoje é sem par
e o sol-pôr
tem na lua a irmã

vai devagar
meu amor
feito de hortelã

[instrumental]

hoje é sem par
e o sol-pôr
tem na lua a irmã

vai devagar
meu amor
feito de hortelã

* Mísia – voz
Manuel Rocha – violino
José Manuel Neto – guitarra portuguesa
Carlos Manuel Proença – viola de fado
Quinteto de cordas oriundo da “Camerata de Bourgogne”:
Jean-François Corvaisier – 1.º violino
Leurent Lagarde – violoncelo
Alain Pelissier – violeta
Valérie Pelissier – violeta
Pierre Sylvan – contrabaixo
Arranjos e direcção musical – Hanri Agnel
Direcção do projecto – Pascal Bussy / Warner Jazz France
Produção executiva – Igor Szabason / IS Music
Assistente – Laurence Gilles
Gravado no Studio Gam, Waimes (Bélgica), em Junho de 2003
Engenheiro de som – Silvio Soave
Misturas – Silvio Soave, no CATI Audio, Roman (França)

Meu País

Poema: Mário Gonçalves
Música: Carlos Paredes
Intérpretes: Cecília de Melo & Carlos Paredes* (in LP “Meu País”, Decca/VC, 1970; Livro/4CD “O Mundo Segundo Carlos Paredes: Integral 1958-1993”: CD2 – “Na Corrente”, EMI-VC, 2003)

Meu país
Tão sedenta de mar e de glória
Vela altiva que aos ventos da História
Se enfunou
Onde estás meu país só memória
Que a sereia encantou?

Meu país
Que ficaste qual barco varado
A dormir esse sono pesado
Que te algema
Meu país que eu quisera beijar
Despertar num poema

Meu país
Tu que deste outros mundos ao mundo
Busca a seiva que dorme no fundo
Da raiz
Ergue ao alto a bandeira da esperança
Meu país, meu país

* Cecília de Melo – voz
Carlos Paredes – guitarra portuguesa barítono-baixo
Gravado nos Estúdios Valentim de Carvalho, Paço d’Arcos, em Outubro de 1970
Engenheiro de som – Hugo Ribeiro

Leave a Reply