CASA DA MÚSICA, PORTO, DIA 26 DE DEZEMBRO, ÀS 18H, TWOPIANISTS: NINA SCHUMANN & LUIS MAGALHÃES

Na Casa da Música, dia 26 de Dezembro, às 18H, na sala Suggia,  pode ouvir, uma iniciativa Solidária da ANIVEC e APICCAPS a favor do IPO-PORTO.

cm 26

Samuel Barber (1910-1981)

Souvenirs

  1. Waltz

  2. Schottische

  3. Pas de deux

  4. Two-step

  5. Hesitation Tango

  6. Galop

Aaron Copland (1900-1990)

El salón Mexico

Frederic Rzewski (1938- )

Winnsboro Cotton Mill Blues

William Bolcom (1938- )

Recuerdos

  1. Chôro

  2. Paseo

  3. Vals Venezolano

John Adams (1947- )

Hallelujah Junction

Este programa celebra a diversidade musical norte-americana no século XX, desde o neo-romantismo de Samuel Barber, até à mais influente evolução artística, o minimalismo com John Adams. ‘American Intersections’ aponta a uma das particularidades mais evidentes da música norte-americana, a qual, à imagem do país, é profundamente marcada pelo cruzamento de culturas e tradições, resultando numa extraordinária multiplicidade de sons. Nesta selecção, que reúne compositores adversos às crescentes tendências favoráveis ao modernismo da música erudita europeia, descobrem-se a influência directa da música latina das Américas Central e do Sul, o comprometimento com a tradição dos blues e as suas origens na África Ocidental e a continuação do romantismo, em paralelo com o estilo minimalista moderno, que nenhum autor pode ignorar. A música, inspirada por cenas de quotidiano de hotel, intervenção política ou estruturada de acordo com tradições europeias, é desenvolvida de uma forma abolsutamente original.

Nascido da união em palco de Luis Magalhães e Nina Schumann, o projeto TwoPianists (artistas internacionais YAMAHA) é considerado, entre audiências e críticos, um dos mais conceituados no restrito universo de duos de piano, tendo já merecido comparações com os lendários duos Ashkenazy-Previn (MusicWeb International) e Argerich-Freire (American Record Guide). Estabelecido no ano de 1999, quando Magalhães e Schumann colaboravam com o maestro Vladimir Viardo, o projecto TwoPianists já alcançou prestígio mundial.

Depois de um álbum de estreia, que reuniu obras completas de obras completas de Rachmaninov para dois pianos e afirmou a qualidade do projecto, o segundo disco foi uma edição própria que acentuou a genialidade presente em TwoPianists. O mais recente lançamento é um aceno para suas carreiras paralelas como solistas: monumentais variações Goldberg de Bach, em formato de duo. Seguindo a vocação para a originalidade, TwoPianists apresenta mais um excelente programa de repertório americano para dois pianos.

Leave a Reply