CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO -~OFICINA: A REVOLTA DA TRALHA – A PALETA E O MUNDO – CINEMA: HANOI, MARTES 13 + LA MUERTE DE UN BURÓCRATA

26-e-27-de-fevereiro

OFICINA: A REVOLTA DA TRALHA
Domingo, 26 de Fevereiro, 15h30
Um grito de revolta se levanta dos armazéns e arrecadações, das caves e dos caixotes do lixo: ouve-se o grito de toneladas de objectos inutilizados, abandonados e «inúteis», que querem ser usados, reutilizados, transformados; querem sentir-se vivos, de novo úteis.Entoando as palavras de ordem «Reutilização sim, deitar no lixo não» e «a tralha unida jamais será desperdiçada», sob a coordenação «armada» (de tesousas, pistolas de cola quente, fitacola e papel) de Eupremio Scarpa e Rubina Oliveira, vamos fazer o que presta a partir do que (para os outras pessoas) não presta.

Para todos a partir dos 6 anos. Número máximo de participantes: 10.

CICLO «A PALETA E O MUNDO»
Segunda-feira, 27 de Fevereiro, 18h30
Continua a leitura comentada, com projecção de imagens, de A Paleta e o Mundo de Mário Dionísio. Vamos na 4ª parte, «Durante as grandes tempestades». Inês Dourado continua a leitura do 10.º capítulo, «Ao serviço de».CINEMA: «REVOLTAS
E REVOLUÇÕES N’AMÉRICA»
Segunda-feira, 27 de Fevereiro, 21h30

Nesta sessão dupla do ciclo «Revoltas e revoluções n’América», voltamos aos dois realizadores cubanos da primeira sessão: Santiago Álvarez e Tomás Gutierrez Alea. E regressamos, também, ao Vietname e a Cuba.

Hanoi, martes 13 (1968, 38’) de Santiago Álvarez: uma colagem de imagens da vida, do quotidiano, da resistência e da guerra no Vietname.
La muerte de un burócrata (1966, 85’) de Tomás Gutierrez Alea: uma comédia irónica sobre os processos burocráticos após a morte de um trabalhador condecorado.

Os filmes serão apresentados por Cláudia Alves.

Entrada livre. Filmes na língua original (espanhol) e legendados em português.

NO HORÁRIO DE ABERTURA, PODEM VISITAR A EXPOSIÇÃO E BIBLIOTECA DA CASA DA ACHADA:

  • EXPOSIÇÃO: MÁRIO DIONÍSIO – CORRESPONDÊNCIAS
    Até 17 de Abril de 2017
    Exposição que mostra parte da correspondência de Mário Dionísio com amigos, artistas – e com exposição de algumas obras desses artistas -, pintores, escritores, intelectuais e outros, para além de três partes temáticas: a sua saída do PCP, a polémica do neo-realismo e outros debates à volta do tema do realismo e a escrita de A Paleta e o Mundo.
  • BIBLIOTECA E MEDIATECA DA ACHADA
    A Biblioteca Pública da Achada tem secções de Literatura, Arte, Cinema, Teatro, História, Ciência, Literatura Infanto-Juvenil, etc… Pode-se ler no local ou requisitar livros.
    Na Mediateca estão disponíveis os filmes que temos vindo a projectar nos nossos ciclos de cinema.
    O catálogo da Biblioteca e Mediateca está disponível na internet, aqui.* 2ª, 5ª e 6ª feiras, das 15h às 20h
    sábados e domingos, das 11h às 18h

EM QUALQUER DIA, COM MARCAÇÃO, É POSSÍVEL CONSULTAR:

  • CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO
    Constituído pelo arquivo de Mário Dionísio e pela sua biblioteca e de Maria Letícia Clemente da Silva (mais de 6000 volumes e mais de 200 publicações periódicas).
    O catálogo pode ser consultado na internet, aqui.

EXPOSIÇÕES DE MÁRIO DIONÍSIO FORA DA CASA DA ACHADA:

  • MÁRIO DIONÍSIO – VIDA E OBRA
    Biblioteca Municipal, Santo Tirso
    Até 3 de Março
    «Entre 06 de fevereiro e 03 de março, a vida e obra de Mário Dionísio são destaque na Biblioteca Municipal. Poeta, crítico, pintor, romancista e professor, as facetas da sua personalidade são o ponto-chave desta exposição documental, que tem entrada gratuita.»
  • PASSAGEIRO CLANDESTINO – MÁRIO DIONÍSIO 100 ANOS
    Museu do Neo-Realismo, Vila Franca de Xira
    Até 26 de Fevereiro
    «No próximo dia 14 de maio inaugura no Museu do Neo-Realismo a Exposição comemorativa do centenário de nascimento de Mário Dionísio, “Passageiro Clandestino Mário Dionísio 100 Anos”.
    A exposição, que tem curadoria de António Pedro Pita,  pretende homenagear o poeta, artista e pensador, focando-se, sobretudo, na documentação e interpretação da intervenção de Mário Dionísio enquanto  teórico do neorrealismo, o mais relevante desta corrente e um dos mais importantes teóricos da arte do século XX.»

QUEM QUER EXPERIMENTAR TEATRAR?

  • GRUPO DE TEATRO DA ACHADA
    Quem quer experimentar usar a voz e o corpo para dizer coisas com ou sem palavras? O grupo, com F. Pedro Oliveira, ensaia habitualmente todas as terças-feiras às 21h. É só aparecer e participar.

QUEM QUISER E PUDER PODE AJUDAR A CASA DA ACHADA:

 

 

 

 

 

 

correspondencias

Contactos

 

Morada Casa da Achada – Centro Mário Dionísio
Rua da Achada, 11, R/C
1100 – 004 Lisboa (ver localização)
Telefone 218 877 090
E-mail Casa da Achada
casadaachada@centromariodionisio.org
E-mail Livraria
livraria@centromariodionisio.org
E-mail Distribuição de Edições
livros@centromariodionisio.org
NIB NIB para donativos e pagamento de quotas
0036 0000 9910 5869 2830 8

 

 

Equipa de Comunicação Web

 

E-mail André Spencer e F. Pedro Oliveira

web@centromariodionisio.org

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: