EDITORIAL  – A DIFÍCIL ESCOLHA ENTRE DOIS, OU O BILATERALISMO, A NOVA FÓRMULA  PARA NOS ENGANAR

Nos tempos de antes do 25 de Abril, foi-nos imposto o governo de um homem só. Sempre o mesmo. Quando as regras da vida impuseram a escolha de substituto, um servidor fiel do primeiro, estrategicamente colocado, designou alguém, o mais parecido tanto quanto convinha, para exercer o lugar. Não nos era dado escolher os nossos governantes. Só faltava dizerem-nos que era para nos poupar a maçada.

Agora, mais de quarenta anos depois do 25 de Abril, escolhemos, isto é, temos de escolher entre dois campeões (???), previamente seleccionados ao longo de um processo em que foram sendo desclassificados outros personagens, a princípio apresentados como sendo também candidatos à grande final, mas que não terão merecido aprovação nuns clubes, grémios ou coisa parecida, aos quais parece que terão estado ligados de alguma maneira. Ao longo deste processo de simplificação, pois com certeza que de simplificação se trata, para nos poupar o esforço e o sacrifício de termos de escolher entre pessoas sobre as quais sabemos pouco, muito pouco, (será que querem mesmo que se saiba?) também fomos “apoiados” por umas senhoras e uns senhores que escrevem nos jornais, falam na televisão, e nos aparecem por entre notícias de vários campeonatos de futebol, a vida dos pastorinhos de Fátima e as novas da vinda do papa, mais umas explicações (melhor dito, confusões) sobre como o dinheiro desaparece nos bancos. Entre umas sonecas no sofá, umas leituras do jornal no café, cansados de tanto esforço para aguentar as discussões que eles, parece que lhes chamam comentadores, têm lá entre eles, lá vamos amanhã escolher mais uma vez. Ah sim, é verdade, desta vez é em França, parece que não temos de lá ir. Que até gostávamos. Bom, é domingo, podemos ficar na cama até mais tarde. À falta de melhor, até à próxima.

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

One comment

  1. Carlos A P M Leça da Veiga

    Gosto muito de repetir o Professor Doutor Magalhães Godinho que afirmou: “em Portugal vive-se sem Democracia”.CLV

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: