EDITORIAL: O PEREGRINO, por Carlos Loures

Imagem2Sobre a vinda a Fátima de um peregrino chamado Francisco que é o chefe supremo da Igreja Católica Apostólica Romana, nada tenho a dizer. O argonauta Mário de Oliveira, presbítero da referida igreja, em vídeo que ontem publicámos, diz tudo o que há a dizer sobre o tema – Não ignoro o poder que a Igreja tem, nem o carácter mafioso que caracteriza o catolicismo – como acontece com todas as outras confissões, – do islamismo rosnante ao sionismo assassino.

E todas as religiões estão ao serviço daquilo que elas próprias definem como Satanás –  o vício, a injustiça social, tudo o que é asqueroso, é amparado por andaimes confessionais, Mas então não é legítimo ter esperança em que a Humanidade se torne verdadeiramente humana e se distinga das outras espécies, usando a superioridade do seu cérebro, mais desenvolvido em ultrapassar o canibalismo que, tendo deixado de ser literal, é a realidade sempre presente de gente que vive da morte dos outros, que explora a força de trabalho? Naturalmente que é lícito ter esperança, fé, se assim o quisermos dizer, nessa humanização Adicionar ao dicionário dos seres humanos? Não será possível ter fé sem acreditar que existe um ente superior que  tudo controla e regista? A existir tal ser, seria um monstro, uma aberração, um ente miserável e criminoso. Um tal Francisco veio visitar uma vila tosca, ranhosa, onde se vende provas de fé, t-shirts, água benta… O que tenho eu a ver com isso?

Como cidadão, sinto-me envergonhado por um chefe de Governo, democraticamente eleito, ter ido conferenciar com um homem que encabeça uma organização criminosa que, como diz Guerra Junqueiro no seu poema «Funâmbulos», anda há dois mil anos a vender o corpo de Jesus. Apreciei a inteligência com que o nosso companheiro argonauta descreveu a natureza criminosa do Vaticano, Só me parece um desperdício intelectual perder tempo a desmontar uma aldrabice tão primária.

Mas não perderão nada em ouvir a entrevista, basta clicar no link:

https://aviagemdosargonautas.net/2017/05/12/fraternizar-grande-sucesso-uma-entrevista-com-o-argonauta-mario-de-oliveira-poe-em-causa-toda-a-estrutura-da-icar/

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: