RONALDO WERNECK – HÁ CONTROVÉRSIAS – SHOW DO CHICO 2: A VEIA QUE SALTA

 

Essa veia que salta quando o nosso tempo passar. Um mar turquesa à la Istambul enchendo os olhos. Um sol de torrar os miolos. Quando pinta em Copacabana a caravana do Arará. A caravana do Irajá. Sol, a culpa deve ser do sol. Vou deitar à sombra de uma palmeira. Que já não há. Pode ser que passe o nosso tempo como qualquer primavera. Devia o tempo de criança ir se arrastando até escoar, pó a pó. Volta nessa segunda crônica o show de Chico Buarque – e a emoção que me trouxe.  E fecho (nos dois sentidos) com o tom maior, Jobim-quase-Drummond, puro Chaplin: “Ó Francisco, meu querido amigo/Tuas chuteiras caminham numa estrada de pó e esperança.”. Vejam no meu blog, link a seguir:

https://ronaldowerneck.blogspot.com.br/2018/03/show-do-chico-2-veia-que-salta.html

 

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: