FRATERNIZAR – CLÉRIGOS – CASTIGÁ-LOS OU EXTINGUI-LOS?! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

 

Os abusos dos clérigos são mais do que muitos. E não só a pedofilia. A simples existência de clérigos, só por si, é uma agressão e um insulto aos próprios, enquanto filhos de mulher. Ninguém nasce clérigo. Como ninguém nasce cristão, católico, protestante, islâmico. Nascemos humanos. E de mulher. Dentro do Sistema de poder que é intrinsecamente mau. Religioso ou laico, tanto faz. Criado e organizado só para matar, roubar, destruir, mentir, corromper, perverter. Todas, todos nascemos no Sistema. Não para sermos dele, sim para acabarmos de vez com ele. Só que, mal nascemos, somos logo “apanhados” por ele e educados-estimulados a fazermos tudo por tudo para lhe cairmos em graça e integrarmos as várias minorias que o servem. Quando tal acontece, somos até capazes de dar a própria vida por ele. Sem nunca percebermos que deixamos de ser filhas, filhos de mulher e passamos a ser filhas, filhos do Sistema. Incondicionais servidores seus, num dos múltiplos lugares de que ele dispõe e dá a quem lhe aprouver. Na condição de ser um incondicional seu.

Entre os muitos filhos do Sistema de poder, os clérigos foram nos séculos da Cristandade os mais influentes. Hoje, são cada vez mais substituídos por clérigos laicos-ateus colocados à frente dos grandes grupos financeiros, grandes bancos e grandes Estados. Sempre com uma constante: organizados em pirâmide. A horizontalidade é específica dos Seres Humanos religados uns aos outros e ao Cosmos. A verticalidade é específica do Sistema de poder. No topo dos topos da pirâmide, está sempre (um conceito de) deus-demónio que tudo justifica. O pai do Sistema de poder que, como já sublinhei, é intrinsecamente mau. Na linguagem mítico-cultural dos povos, recebeu o nome de deus e/ou satanás. Este último, precisamente, o nome que Jesus, o filho de Maria, não do Sistema de poder, chama a Simão, filho ou discípulo de João, quando ele se lhe coloca na frente, a tentar impedi-lo, no início do ano 30, de subir a Jerusalém, determinado a desmascarar o Sistema de poder, como o pai do Mal, em vez de determinado a tomar o poder. ‘Vai-te da minha frente, Satanás, porque os teus pensamentos não são os de Deus, mas os dos homens do Sistema de poder’ (Mc 8, 33). Isto, depois de, tempos antes, ter começado por o cognominar de Cefas-Pedra-Pedro. No registo de Marcos (3, 16), esta mudança de nome de Simão para Pedro, acontece quando Jesus decide constituir o grupo do Doze Enviados. No registo de João (1, 42), sucede logo no momento em que Simão é apresentado a Jesus por André, seu irmão.

Ao reclamarem-se “’sucessores dos Doze”, os clérigos-bispos separam-se definitivamente dos seres humanos e constituem-se agentes-mor do Sistema de poder, no caso, sacerdotal-eclesiástico. São clérigos de proa, ainda que sob o controlo do bispo de Roma, o papa. Servidos por outros clérigos-sacerdotes, quase todos párocos. Corrompidos-que-corrompem, já que é da natureza do Sistema de poder corromper. E se absoluto-infalível, corrompe absolutamente. As populações não enxergam tamanha monstruosidade, porque o Sistema de poder sempre lhes apresenta os clérigos como exemplos de dedicação e de entrega. Inclusive, celibatários por imposição de uma lei eclesiástica, já de séculos. Pretender que destes desviados do Humano saiam frutos bons é como pretender colher uvas dos espinheiros e figos dos abrolhos. Tudo o que eles tocam fica inquinado-envenenado. Só não vemos, porque somos levados a confundir a realidade com a máscara que lhes serve de rosto.

O pior de todos os clérigos-bispos é o de Roma. Reclama-se demencialmente ‘sucessor de Pedro-Satanás’. Seja qual for o nome com que se mascare, é sempre Satanás, no sábio e lúcido dizer de Jesus, o filho de Maria. Tudo o que faz e diz é Mal, ainda que pareça que é Bem. A esta espécie de ‘demónios’ – clérigos eclesiásticos ou laicos-ateus – não basta castigá-los por todo o Mal que fazem aos povos. Urge extingui-los. Para sermos, finalmente, comunidades de seres humanos religados uns aos outros e ao Cosmos.

________

Clicar em:

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1165342203614555&id=285297014952416&__xts__%5B0%5D=68.ARA-7ZjxfozgFn6tdQulu73xHK2EEGo-izlqib43rwT7c6rajYJB6TaEmY3rSXXI_gpUYBanQz4HkupAgqq2vHVu9Z4KF8UKfjMgCUYVm6Yfv5pZejKBFZNEmCGZ-YQMArqVKXjdqoV1KwB2_2T8Qtr2aPbtrAU5EJVpNMjqpOmdRNGiY1oS7Q&__tn__=K-R

 

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: