SOBRE AS REMUNERAÇÕES DE GOVERNADORES DE BANCOS CENTRAIS QUE NOS DESGOVERNAM – 8. – O SENADOR ELIO LANNUTTI EM JULGAMENTO POR CAUSA DE UM “POST” SEU SOBRE OS PROTOCOLOS DOS SÁBIOS DE SIÃO

Adrian Pingstone – Taken by Adrian Pingstone in November 2004 and released to the public domain. – obrigado à wikipedia

 

 

Il senatore Elio Lannutti a processo per il post sui social sui Protocolli dei Savi di Sion, por Marco Zavagli

Il Fatto Quotidiano, 12 de Março de 2021

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota  

O Ministério Público de Terni emitiu uma citação para julgamento. A acusação é propaganda e incitamento ao crime por razões de discriminação racial e étnica. O deputado, expulso há algumas semanas do grupo dos  M5s, tinha partilhado um artigo que se referia à tese da falsa história inventada pela polícia czarista para espalhar o ódio contra os judeus. Após a controvérsia, pediu desculpa e recusou a acusação de anti-semitismo.

O senador Elio Lannutti será julgado por propaganda e incitação à discriminação étnica racial. O parlamentar – expulso há algumas semanas do Movimento 5 estrelas por não ter votado na moção de confiança no governo Draghi – terá de responder perante um juiz pelo que publicou nas suas redes sociais em 20 de Janeiro de 2019. No Twitter e Facebook, o jornalista e ensaísta, presidente honorário da Adusbef (uma associação de defesa do consumidor especializada no sector bancário), partilhou um artigo publicado no website Saper-link-news.com intitulado As 13 famílias que governam o mundo.

 

Lannutti acompanhou a partilha com um comentário explícito: “O Grupo dos Salvadores de Sião e Meyer Amschel Rothschild, o capaz fundador da famosa dinastia que ainda controla o sistema bancário internacional, levaram à criação do manifesto Os Protocolos dos Salvadores de Sião divididos em 24 parágrafos, descreveram como subjugar e dominar o mundo com a ajuda do sistema económico, dos banqueiros de investimento e das finanças criminosas de hoje”. Uma afirmação frouxa  em italiano, mas suficiente, segundo a procuradora Barbara Mazzullo do Ministério Público de Terni (onde Lannutti é residente) para emitir uma citação. A audiência terá lugar a 29 de Março.

2019 – Elio Lannutti investigado por tweet anti-semita: acusado de difamação agravada

Pois esse texto  e essa frase Lannutti já tinham sido denunciados por Ruth Dureghello, presidente da Comunidade Judaica de Roma, e estão agora a ser investigados pelo Ministério Público em Roma por difamação agravada pelo ódio racial.

Para o denunciar neste caso foi antes o historiador Carlo Greppi, que na preparação da queixa foi assistido pelo advogado Fabio Anselmo. E é precisamente o advogado a dar notícias na sua página do Facebook, recordando como “muitos representantes da cultura e da política esperavam e anunciavam a intenção de processar o senador pelas suas graves declarações. Alguns deles voltaram-se para a minha firma. O meu pessoal, o advogado Bernardo Gentile na liderança, dedicou-se com entusiasmo à redação da queixa. Corpo e alma para as questões em jogo”.

Lannutti tinha então pedido desculpa, mais uma vez através dos meios de comunicação social, dizendo que tinha apenas publicado um link sobre os banqueiros Rothschild, sem comentários. “Nunca uma sentença, um pensamento, uma ação contra os judeus perseguidos e massacrados pelos nazis – ele próprio se justificou – Nunca alegou ser anti-semita. Estou grato  a todos aqueles que conhecem a minha história e as minhas lutas, que não se prestam a duvidar”.

Vale a pena recordar que os Protocolos dos Sábios de Sião são uma falsificação histórica, fabricada no início do século XX pela polícia secreta czarista com o objetivo (abjeto) de espalhar o ódio contra os judeus. O documento, totalmente inventado e o resultado da cópia e reformulação de antigas obras satíricas e ficcionais (que não diziam respeito aos judeus), foi divulgado como o programa secreto de uma conspiração judaica e maçónica. Objetivo: tomar conta do mundo. Uma obra que foi desmascarada quase imediatamente pelos jornais, incluindo o Times de Londres. Apesar disso, atravessou o século passado, especialmente – evidentemente – em círculos anti-semitas.

____________

Para ler este artigo no original clique em:

Il senatore Elio Lannutti a processo per il post sui social sui Protocolli dei Savi di Sion – Il Fatto Quotidiano

 

Leave a Reply