MINHA PÁTRIA, de LÊDO IVO – obrigado ao CID SIMÕES

(1924 – 2012)

 

 

Leia este poema em Voar Fora da Asa, clicando em:

voar fora da asa: Novembro 2021

 

1 Comment

  1. Este poema diz mais coisas do que um ensaio de muitas páginas. Revê o mítico conceito de F. Pessoa (que não pode ser apodíctico), ao qual parece responder. A poesia serve-se assim, também aos domingos. Pessoalmente, manifesto a minha gratidão e presto homenagem ao Lêdo Ivo.

Leave a Reply