Orgulho – por Carlos Godinho

 Publicado no Domingo, Agosto 21, 2011 em Todos Somos Portugal

 

É com extremo orgulho que se olha para o percurso desta selecção Sub/20 após terminar a competição. Na minha opinião foi com injustiça que se perdeu esta final. Apesar de praticamente entrar a perder, a equipa uniu-se e depois de conseguido o empate alcançou a superiodidade no marcador. Podia ainda ter feito o 3-1 e acabou por consentir o empate num momento em que já se olhava para a taça. Finalmente após ter desperdiçado uma ocasião soberana sofre o golo que selou a derrota de uma forma pouco normal. Uma excelente final marcada da parte de Portugal pelas lesões de Cédric e Saná que condicionaram em muito toda a estratégia do treinador. Para quem dizia que esta competição não tem intensidade, falta de informação e de falar do que não se sabe, o que se pode explicar é o facto de se terem disputado sete jogos num espaço de dias tão curto, com prolongamentos e desempates por penalties pelo meio, desgantando as duas equipas, não só fisicamente mas também emotivamente e ainda para culminar uma final disputada a 2.700 metros de altitude que prejudicou claramente os jogadores de ambas as equipas. Um tema a rever pela FIFA.

Leave a Reply