MEMÓRIAS DE MENINOS DE CABO VERDE IV – por Clara Castilho

Ainda podemos partilhar mais dois textos do livro HISTÓRIAS DE LONGE E DE PERTO, editado pelo Secretariado Coordenador dos Programas de Educação Multicultural, em Lisboa em 1997  e com o apoio da Comissão Europeia.

Contaram-me…

Nasci em Portugal, mas os meus pais são de Cabo Verde.

Lá, há uma comida chamada cuscus e é feita com farinha, água e açúcar. Outros alimentos são: feijão pedra, congo, maçaroca com milho, cachupa, mandioca, banana verde, bongolão, etc. Aqui muita gente não conhece isto que eu disse, não é?

comida cabo verde

Os frutos chamam-se: manga, papaia, banana madura, cana doce, coco, batata doce, goiaba, tamarino, troba, azedinha e abacate.

Quando fazem uma festa têm uns grandes rádios e põem o rádio alto. E depois fazem comidas numa panela grande e muitas pessoas comem.

Quando há muito sol eles têm umas calças curtas e quando chove eles usam umas calças compridas e camisa de manga comprida.

Os meninos jogam à corda, ao berlinde, à bola…

José Carlos, 9 anos/E.B. 1 nº 185 – Galinheiras – Lisboa

 Eu fiquei…

Nasci em Cabo Verde, em 1980. A minha mãe viveu alguns meses comigo; depois partiu para Portugal, onde o meu pai já estava. Eu fiquei com os meus avós e o meu irmão.

Até aos onze anos, eu conhecia os meus pais através da fotografia e sentia uma grande curiosidade em conhecê-los pessoalmente.

Quando os meus pais trataram dos documentos é que finalmente eu vim para Portugal e conheci os meus pais.

 Fiquei com saudades dos meus avós e dos meus amigos.

Fernando, 15 anos/E.B. 2 Nun’Álvares – Seixal

Nota: Junho 2014 – Na festa final dos meninos que apoio (alguns com pais nascidos em Cabo Verde) deliciei-me com os pastelinhos e o doce de coco da D. Isabel!

 

Leave a Reply