INOVAR OU MORRER: A GRÉCIA ESCAPARÁ AO NADA? – por AURAN DERIEN – II

Falareconomia1

 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota

mapagrecia

INOVAR OU MORRER: A GRÉCIA ESCAPARÁ AO NADA?

Apolo regressará à Acrópole!

escapar - I

Auran Derien, INNOVER OU PÉRIR : LA GRÈCE ÉCHAPPERA-T-ELLE AU NÉANT ? – Apollon reviendra sur l’Acropole ! 

logo_banniere

Revista Metamag.fr, 13 de Abril de 2015

(continuação)

2 – Uma fiscalidade adaptada a uma sociedade de produção e de liberdades.

escapar - IV

Esta existe, foi abordada de forma exaustiva por Maurice Allais que a resumiu num opúsculo “para a reforma da tributação” “Pour la réforme de la fiscalité” (Maurice ALLAIS : Ed.Clément Juglar, 1990). A implementação de um imposto sobre o capital é acompanhada por uma revogação do imposto sobre o rendimento, dos impostos sobre os lucros e sobre aquelas que incidem sobre as mutações. Por capital tributado entende-se “apenas o valor dos capitais físicos”. Este imposto pago por todo e qualquer pessoa física ou jurídica, seria exigido, desde que existe uma apropriação dos activos físicos, que estes bens proporcionem ou não um rendimento eficaz. Esta taxa de imposto anual seria da ordem de 2%. Finalmente, esta atingia apenas os juros e as anuidades (rendas). O seu impacto directo seria nulo: nenhuma mudança no investimento, nos preços dos activos, nem na oferta de capital. Indirectamente, este imposto não afecta os empresários dinâmicos, ele incitaria a mais investimentos e a aumentar a eficiência global da economia.

escapar - Vescapar - VI

escapar - VIIescapar - VIIIescapar - IX (continua)

________

Ver o original em:

http://metamag.fr/metamag-2826-INNOVER-OU-P%C3%89RIR–LA-GR%C3%88CE-%C3%89CHAPPERA-T-ELLE-AU-N%C3%89ANT-.html

________

Para ler a parte I deste trabalho de Auran Derien, publicada ontem em A Viagem dos Argonautas, vá a:

INOVAR OU MORRER: A GRÉCIA ESCAPARÁ AO NADA? – por AURAN DERIEN – I

 

Leave a Reply