DE OMBRO NA OMBREIRA, de ALEXANDRE O’NEILL

Imagem1

(1924 - 1986)
(1924 – 1986)

 

 

 

 

 

 

 

 

De ombro na ombreira

Faz hoje trinta anos que faleceu Alexandre O’Neill, nome maior do surrealismo, da poesia e da literatura do nosso país. Propomos que cliquem no link abaixo, que dá acesso a um texto de Maria Antónia Oliveira, publicado no site do Instituto Camões:

http://cvc.instituto-camoes.pt/seculo-xx/alexandre-oneill.html#.V7oFAo-cHcs

 

Leave a Reply