A GALIZA COMO TAREFA – o DOG com NH – Ernesto V. Souza

Após a incorporação de Santiago de Compostela à UCCLA e imediatamente ao nomeamento do Consello da Cultura Galega como Observador consultivo na CPLP, em 2 de novembro o Diário Oficial da Galiza, alvorejou de improviso com versão em Português como opção no menu de idioma.

 

Ainda que é uma aplicação de tradutor informático, como o próprio diário destaca:

A informação contida neste diário em idioma português deriva de um processo de tradução automático. Tenha em conta que a informação reflectida no supracitado idioma, por tanto, é de carácter plenamente informativo”.

dog-detaklhe

A iniciativa é um claro gesto de cumplicidade com o reintegracionismo galego e evidencia uma mudança na mensagem institucional sem precedente.

Trata-se este de um passo mais no quadro de desenvolvimento da lei Paz Andrade, mas a escolha, é duplamente simbólica, ao colocar no texto e porta-voz oficial da Comunidade Autónoma versão em português.

O DOG é o diário oficial da Comunidade Autónoma da Galiza, onde se divulgam com caráter oficial as normas jurídicas e outros atos da administração e do governo galego para que produzam os efeitos jurídicos correspondentes.

O Diário Oficial da Galiza publicou-se pela primeira vez a 1 de dezembro de 1978. Em maio de 2011, o DOG deixou de ser editado na versão em papel e passou a ser publicado apenas na versão digital.

 

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: