SINAIS DE FOGO – TORMENTOS DE DELGADO – por Soares Novais

O ex-secretário Delgado disse, no Porto, em finais de Novembro, ser uma “vergonha” o elevado número de faltas ao trabalho no Serviço Nacional de Saúde (SNS). “Uma vergonha nacional e internacional”, sublinhou para logo acrescentar que tinha sérias dúvidas sobre “a veracidade das baixas apresentadas por doença ou gravidez de risco.”

Ora, como se viu pelas cenas do folhetim “ à Corin Tellado” tornado público nos últimos dias, onde interpreta um dos principais papeis, o ex-secretário Delgado tinha toda as condições éticas e morais para duvidar da seriedade dos trabalhadores do SNS que recorrem à “baixa”.

Isto é, o ex-secretário não é o “consultor” Delgado que não teve nenhuma dúvida em sacar 3000 euros mensais a uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), que teve de “rapar o tacho” para lhe pagar tão chorudo vencimento.

Já antes destas declarações e de ter sido obrigado a demitir-se, o Dr. Delgado tinha afirmado à Agência Lusa que é “um tormento” governar nas actuais circunstâncias, pois “os vários profissionais da área da Saúde têm apresentado reivindicações e protestos” que, recordo, em muitos casos apenas têm a ver com “a reposição de rendimentos” que os anos de chumbo lhes tiraram.

Eu percebo o “tormento” vivido pelo ex-secretário Delgado. De facto, é muito melhor pisar o areal da Praia de Copacabana, beber uma caipirinha gelada, passear pelo boémio Bairro da Lapa e ver o pôr do sol sobre a Cidade Maravilhosa lá do alto, bem juntinho ao Cristo Redentor.

Agora, apesar da vergonha nacional e internacional, vai ter tempo de sobra. Para isso e muito mais…

————————————

RUI RIO, um dos dois que aspiram ao lugar do Pedro da Tecnoforma na liderança laranja, sempre vende a ideia de que é um tipo acima de qualquer suspeita. Tanto que até propõe que o país tome um “banho de ética”.  Conversa da treta. Confirma-o o facto de ter cobrado milhares de euros à Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) para dirigir umas quatro ou cinco reuniões gerais de oficiais daquele ofício. Ele e o “socialista” eurodeputado Manuel dos Santos foram brindados” com 49 mil euros. Como se vê, a “massa” sempre une o pessoal do centrão… (foto da Revista Sábado)

_________________________________________________________________________________________________________________

CARLOS CÉSAR diz não querer  “ser nunca confundido como uma pessoa que é  do PCP  ou do BE”. O seu percurso garante-lhe que está livre de tal “calúnia”.  Tenha calma, pois! Continue a tratar da sua vidinha, da vidinha da sua esposa e da vidinha do seu filho. Nunca ninguém se atreverá a confundi-lo com Maria Machado. A Rubina, da Vila da Calheta, na ilha de S.Jorge, que fez da sua vida uma ode aos mais elevados valores humanos.

———————————

 

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: