PALCO 70 – NA MORTE DE OTELO (1936-2021) – por Roberto Merino

 

https://tvi24.iol.pt/politica/otelo-saraiva-de-carvalho/as-reacoes-a-morte-de-otelo

https://www.publico.pt/2021/07/26/politica/noticia/ramalho-eanes-defende-otelo-direito-lugar-proeminencia-historia-1971902

 

https://memoriasdarevolucao.pt/index.php/historia/biografias/96-otelo-saraiva-de-carvalho-1936

 

Notas (*) Alvorada em Abril de Otelo Saraiva de Carvalho – pref. de Eduardo Lourenço. 3ªed. – Lisboa: Ulmeiro, 1984

“Quarenta anos após a Revolução dos Cravos, Alvorada em Abril é um documento precioso para reflectir sobre as causas e os efeitos de uma das mais belas e pacíficas revoluções da História. Uma memória para quem viveu a repressão dos 48 anos de ditadura, e uma obra indispensável para aqueles que já nasceram em Liberdade.

Sobre o livro Alvorada em Abril, em edição da Livraria Bertrand, com prefácio “Um Homem do nosso Destino” de Eduardo Lourenço, em que entre outras coisas se pode ler que “estas páginas desenham em filigrana o retrato de um Otelo antes de outro Otelo e completam assim uma imagem que um excesso de franqueza e mesmo de ingenuidade política que lhe são inerentes reduziu a um estereótipo insignificante, por simplista e malevolente”.

Também, O Dia Inicial de Otelo Saraiva de Carvalho,  lançado em março de 2011

“Após 48 anos de asfixiante repressão, caía a ditadura em Portugal. Eram recuperadas a Liberdade, a Dignidade e o Direito de cidadania do nosso povo. E, assim, a possibilidade de construir um Portugal maior, mais plural e mais justo. Otelo Saraiva de Carvalho foi dos grandes maestros da Revolução de Abril. Neste livro, recua a 1974 para nos dar conta, passo a passo, minuto a minuto, da marcha da operação militar que abriu portas à Revolução… (das editoras)

Num outro prefácio ao livro de Otelo, O dia inicial, publicado em 2011, Eduardo Lourenço virá a proclamar este livro “incontornável mas, como acontece quase sempre entre nós, distraidamente lido”.

Morreu Otelo, um dos rostos maiores do 25 de Abril

Leave a Reply